Financiamento poderá ampliar tratamento do esgoto sanitário em Gramado

0
1293
Prefeitura de Gramado e Corsan buscam empréstimo de R$ 75 milhões


A Prefeitura de Gramado e a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) estão articulando um financiamento junto ao Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) para a execução de obras no município. O empréstimo que está sendo pleiteado é de R$ 75 milhões. O valor deverá ser empregado em ações em curto prazo que visam ampliar e qualificar o tratamento do esgoto sanitário. Na quarta-feira, 2 de agosto, representantes do Executivo gramadense, Corsan, Visão- Agência de Desenvolvimento da Região das Hortênsias e CAF discutiram o assunto em reunião realizada no Auditório da Prefeitura. “O objetivo do financiamento é a expansão da coleta e do tratamento do esgoto, prestando um serviço de qualidade e buscando soluções ambientais para a cidade”, explicou o diretor de expansão da Companhia, Marcus Vinicius Caberlon.

Visita Técnica a estação de tratamento

Após o encontro, representantes da Corsan e do CAF realizaram visita técnica na Estação de Tratamento da Linha Ávila e em locais de ampliação de rede e abastecimento de água, para a análise econômica do projeto de investimento apresentado pela Corsan ao banco. “Precisamos conhecer onde serão as obras, as principais intervenções e a viabilidade financeira deste projeto. Também é preciso analisar o impacto dele na cidade e de que forma beneficiará a população”, afirmou Marcelo dos Santos Souza, executivo principal do setor privado do CAF no Brasil.

Busca por solução é prioridade

O governo municipal está em tratativas com a Corsan para viabilizar alternativas que melhorem o abastecimento de água e tratamento de esgoto. A empresa pública apresentou e vem efetivando ações emergenciais, de curto, médio e longo prazo para regularizar e qualificar os serviços na cidade. “Buscar estas soluções junto à Corsan continua sendo uma de nossas prioridades, pois interfere no dia a dia da comunidade, na nossa infraestrutura turística”, destacou o prefeito Fedoca Bertolucci (PDT).Participaram do encontro o executivo principal da vice-presidência do desenvolvimento social do CAF, Jaime Rodriguez, o presidente da Agência Visão, Pedro Andreis, os secretários municipais de Meio Ambiente, Rosaura Heurich e o de Planejamento, Jeferson Zatti.