Executivo recebe posse de leito da antiga Linha Férrea

0
1429
Assinaram o contrato de cessão de uso gratuita, em caráter provisório, a Superintendente Substituta do Patrimônio da União no Estado, Jaciara Lemos Cordeiro Schvinn, e o prefeito Fedoca. Foto: Divulgação.


A área que por décadas foi percurso do trem em Gramado agora é de posse provisória do município. O prefeito João Alfredo Bertolucci, o Fedoca, esteve no dia 5 de julho na Superintendência do Patrimônio da União no Rio Grande do Sul (SPU/RS), em Porto Alegre, para receber o imóvel de 90 hectares. O trajeto do antigo leito da estrada férrea está situado entre os municípios de Três Coroas e Canela, tendo cerca de 30 km de extensão e 30 metros de largura.

O imóvel havia sido transferido à SPU/RS pela Inventaria da Extinta Rede Ferroviária Federal (RFFSA). Agora, a partir da assinatura do contrato de cessão de uso gratuita, o município tem prazo de um ano para iniciar os memorais descritivos do imóvel cedido, e seis anos para entregá-los à União.

Além da posse do caminho da ferrovia, a Prefeitura passa também a ter maior liberdade para manutenção do Espaço Cultural Estação Férrea Várzea Grande com área de 150 m². O Museu do Trem, como é conhecido, é administrado pelo município desde a década de 1970.

A malha ferroviária chegou na cidade em 1922, sendo uma das alavancas do turismo, três décadas antes da emancipação política de Gramado, em 1954. O tráfego de trens nesta linha foi desativado com a estação em 1963, sendo o local destinado para o Museu somente em 2008/09.

FOTO: Assinaram o contrato de cessão de uso gratuita, em caráter provisório, a Superintendente Substituta do Patrimônio da União no Estado, Jaciara Lemos Cordeiro Schvinn, e o prefeito Fedoca.