Executivo continua em tratativas com os pais da EMEI Raio de Sol

0
1198
Nesta quinta-feira (19) autoridades e pais estiveram reunidos novamente para dar sequência ao processo. Foto: Carlos Borges.


Desde o início da gestão, em 2017, a administração municipal de Gramado tem buscado oportunizar aos mais de 70 alunos da Escola Municipal de Educação Infantil Raio de Sol, na Vila do Sol, no bairro Várzea Grande, uma estrutura adequada para o ensino, o desenvolvimento e bem-estar das crianças que ali estudam.

Em 5 de fevereiro deste ano, foi apresentado à comunidade escolar a possibilidade da EMEI ser transferida para um novo local. A proposta não foi aceita pela comunidade. Dessa forma, em 15 de março, a Prefeitura ofertou a construção de uma nova creche, que atenderia de 80 a 100 crianças, ampliando a oferta de vagas na rede infantil. Mais uma vez, a proposição não foi aprovada, sendo assim sugerido pela comissão de pais e de vereadores a ocupação de um prédio ao lado da atual escola de educação infantil.

A partir desse momento, o prefeito João Alfredo Bertolucci, o Fedoca, e a secretária da Educação, Gilça Silva, têm buscado viabilizar a desapropriação de um prédio para início das reformas e posterior transferência desses alunos, que ainda permanecem estudando em local inadequado.

Nesta quinta-feira (19), o prefeito Fedoca, a Secretaria da Educação, a comissão de pais, a presidente da Câmara de Vereadores, Manu Caliari, e a vereadora Rosi Ecker Schmitt, estiveram reunidos novamente para dar sequência ao processo.

O prefeito Fedoca contou aos presentes que o decreto para desapropriação do imóvel já estava formalizado e somente não foi assinado em virtude deste, em 22 de março, ter sofrido transferência de um proprietário para outro e terem unificado duas áreas, agregando outra matrícula ao prédio que seria desempossado. Além disso, a Secretaria da Educação apresentou uma ata em que o proprietário do terreno procurou a pasta demonstrando a não concordância com a ação.

Na próxima semana, o prefeito Fedoca, equipes da administração municipal e comissões de pais e vereadores, estarão visitando o local para vistoria e definição das próximas ações. Antes disso, pais farão contato com o proprietário para negociação da área.