Eu te desejo vida

0
1021


Final de ano chegando, um ano de muitos desafios. Para alguns um ano difícil, para outros um ano de aprendizado e oportunidades, e ainda há aqueles que encararam 2020 como um ano transformador, de despertar, se conectar com o essencial da vida e do SER, um renascimento.

Como foi para você este ano tão diferente que se encerra?

Para mim foi um ano desafiador, um ano em que aprendi o quanto é maravilhoso as imperfeições, as diferenças, dúvidas e como posso lidar com os medos e incertezas.

Buscamos tanto ser perfeitos, agradar os outros, em criticar, julgar, queremos respostas e certezas e não percebemos que estamos engessados, presos numa ilusão de vida feliz, uma vida criada como em laboratório, porque quando nascemos somos vacinados para seguir o mesmo comportamento de gerações e gerações e quando queremos sair desta perfeição, de mundo criado em laboratório, de sociedade, somos julgados por não seguir os mesmos padrões, onde temos que nos acostumar a esconder o que sentimos, representar quem não somos para ser aceitos, usar medicamentos para nos deixarmos felizes e acreditar que a vida é uma aprovação. Que sofrer faz crescer e evoluir.

Acreditei por muito tempo nesta ilusão e tentei ser esta pessoa perfeita, agradar aos outros, seguir padrões, representar muitas vezes o que eu não estava sentindo, mas não deu certo, fui a pessoa mais infeliz que consegui ser, até entender que EU poderia fazer e SER DIFERENTE!

Você já passou por isso?

Acredito que sim, é a vacina que tomamos quando nascemos, mas esqueceram de nos falar que somos LIVRES e LIBERTOS para uma vida plena e feliz e muitos acreditam que isto é impossível, mas te falo com muita convicção que nascemos para ser plenos, felizes, saudáveis e abundantes.

Você já observou a natureza? Os animais? Existe um equilíbrio na natureza , abundância em alimentos, ciclos, morte, vida. Existe uma harmonia, onde um depende do outro, uma cadeia alimentar, ciclos que se encerram e ciclos que nascem, e os animais seguem seus instintos de sobrevivência. Interagem com a natureza e nada lhes faltam para a sua sobrevivência, lidam com a coragem e medo sem questionarem.

Nós não somos diferentes, a diferença está que usamos a nossa mente de maneira racional, esquecemos desta harmonia, desta interação com o TODO, com a natureza, com o UNIVERSO, esquecemos o quão pequenos somos e prepotentes em achar que sobrevivemos sozinhos, isolados e desconectados da nossa essência, desconectados do amor, das nossas raízes, do outro e de quem somos de verdade.

Nos preocupamos tanto com o dinheiro, com o material, com status e diplomas, mas não aprendemos nas escolas que somos parte integrante da Consciência Cósmica Absoluta, a inteligência que TUDO rege. Não aprendemos que existem LEIS UNIVERSAIS onde respondemos por isso, nem que somos ENERGIAS que reagimos a todas as nossas ações, nem que cada célula do nosso do nosso corpo é igual a cada partícula do universo, que de fato somos UM SÓ e que a minha evolução depende da sua, e portanto, não crescemos sozinhos sem o amor, sem a compaixão.

¨O que está em cima é como o que está embaixo e o que está embaixo é como o que está em cima.¨ Hermes Trismegisto.

Tudo é movimento!

Este novo mundo, revelado neste ano, me ensinou a amar a imperfeição, pois tudo é movimento e o perfeito é estagnado, não evolui, porque já é perfeito, e SOMOS os imperfeitos mais PERFEITOS que já vi. Porque as imperfeições é que nos movimentam, saímos do lugar, aprendemos, crescemos, evoluímos e nos transformamos em pessoas melhores e quando olhamos com compaixão para o próximo, sem julgamentos, sentimos a incerteza, a dúvida, mas temos a certeza de quem realmente somos e que tudo se repete, mesmo as pessoas que não te fazem bem e as mais próximas que não sabemos lidar, também estão no lugar certo, servem para mostrar quem realmente nós somos, que cada olhar que você julga é como um espelho de cada célula do seu corpo também e que deve ser melhorado.

Este ano me ensinou que o medo da morte é o medo de morrer e de não ter dado tempo de SER quem realmente você quer SER e FAZER, de não ter dado tempo de falar o quanto você ama as pessoas.

O que você tem feito do seu TEMPO?

Este ano tão diferente me mostrou que o normal que estávamos acostumados era o anormal, o quanto as diferenças são maravilhosas, o quanto que os outros são importantes com as suas diferenças e o quanto posso aprender com isso, nem que seja apenas a aceitação da diferença, onde cada um está no seu processo de crescimento. Olhar sem julgar o outro, entendendo estas diferenças, também de evolução, entendo que posso ser muito feliz com as minhas imperfeições, porque somos iguais apenas em degraus diferentes. Se já estou acima, posso dar a mão para ajudar quem está abaixo e vice versa. Assim nossas atitudes mudam, e atitudes ensinam, são exemplos que podem passar de geração para geração e quebrar padrões que alimentamos dentro de nós e na sociedade.

Podemos SIM quebrar padrões, podemos SIM transformar nossas vidas em vidas melhores, podemos SIM ser ÚNICOS sem ter que ficarmos presos a sistemas, assim seremos saudáveis, prósperos, abundantes e felizes.

Você acredita nisso? EU ACREDITO!

Para se transformar é preciso CORAGEM! Ter coragem não é se jogar no campo de batalha e sair lutando de qualquer jeito, mas sim se preparar para esta batalha, buscar recursos e treinar, estudar estratégias de ataque e defesa, superar limites e acima de tudo aceitar o que não pode ser mudado. Respeitar valores que fazem partes das leis universais, assim agem os grandes guerreiros, só são corajosos porque sentiram o medo e acreditaram em si e nesta consciência absoluta. Isto se chama FÉ, quando temos fé não existe lugar para a dúvida.

Eu te desejo para este novo ano, VIDA!

Te desejo neste Natal RENASCIMENTO e te desejo para o Ano Novo TRANSFORMAÇÃO, para fazer do NOVO ano o melhor ano da sua vida!

Muito amor e muita luz à todos!

SEJA A SUA CURA!

Até breve….