Escolas infantis de Gramado terão turno integral em 2018

1
3652
Vereadores apresentaram várias demandas para a equipe da Secretaria de Educação. Foto: Lucinéia Menezes/Câmara de Gramado.


Em reunião realizada na tarde de quarta-feira, 8 de novembro, os vereadores de Gramado estiveram reunidos com a secretária municipal de Educação, Gilça Silva, com o adjunto da pasta, Gelson Oliveira e com a Coordenadora Pedagógica, Josiane Vasconcelos Machado para tratar de diversos assuntos da área de educação.

 Entre os assuntos colocados em pauta estavam o fechamento das Escolas de Educação Infantil por 20 dias entre o final do ano e o início de 2018, o turno integral para alunos de quatro anos que estarão no Jardim em 2018, a manutenção de escolas nos atuais prédios e o projeto que tramita na Casa relativo ao processo de escolha das diretoras.

Recesso das Escolas de Educação Infantil

Sobre esse assunto os, parlamentares destacaram que entendem a necessidade de dar férias para os profissionais da área, porém enfatizaram que a comunidade gramadense trabalha exaustivamente nesse período.

As escolas infantis ficarão fechadas do dia 21 de dezembro à 12 de janeiro de 2018, retornando no dia 15 de janeiro até o dia 31 de janeiro o atendimento em polos. A normalidade do atendimento ocorrerá no dia 1º de fevereiro. A secretária enfatizou que será necessário manter fechados os educandários nesse período, pois de 21 de dezembro a 1º de janeiro, as escolas estarão fechadas, como ocorre todos os anos, conforme o Calendário Escolar e no período de 02/01 a 12/01, as mesmas estarão fechadas, para processos de manutenção.

Os vereadores insistiram para que se pense em uma alternativa para que as Escolas Infantis não fiquem tanto tempo fechadas, no intuito de auxiliar a comunidade gramadense que necessita trabalhar nesse período em que ainda está ocorrendo o Natal Luz, maior evento público de Gramado.

Turno integral para alunos de 4 anos

Por solicitação dos vereadores, a Secretaria de Educação fará um processo de adaptação ao novo sistema a ser implantado nas Escolas de Educação Infantil. Em 2018, Gilça comprometeu-se em aceitar em turno integral os alunos já matriculados na rede municipal que estiverem saindo do Maternal II e dirigindo-se ao Jardim, ou seja, as crianças de quatro anos.

As novas inscrições já entrarão no novo sistema que em 2019 atingirá a todos os alunos das escolas de educação infantil. No encontro, a equipe da Educação disse que está cumprindo legislação federal e determinação do Ministério da Educação. Uma reunião com representantes da Secretaria de Educação, Promotoria de Justiça, pais e vereadores será agendada pelo presidente da Comissão de Educação, Saúde e Meio Ambiente, Volnei da Saúde (PP).

Manutenção de Escolas nos atuais prédios

A secretária Gilça explicou que algumas Escolas de Educação Infantil precisam ser realocadas por problemas na estrutura do local que hoje as abriga. Outras terão seus prédios reformados e poderão manter-se no mesmo endereço.

Eleição dos Diretores

Tramita na Casa Legislativa projeto que trata da eleição dos diretores das escolas do Município. Nesse sentido, os vereadores tinham algumas dúvidas que foram sanadas, entre elas, a questão de que qualquer professor, não só de Pedagogia, conforme projeto primitivo, possa concorrer a direção, oportunizando que os demais, de áreas específicas, ou com pós-graduação em algumas áreas, possam também participar do processo.

Outro assunto tratado foi a questão da obrigatoriedade da estabilidade do concursado. Nesse sentido, a secretária enfatizou que está seguindo o Regime Jurídico do Município que obriga que o profissional tenha passado pelo estágio probatório para receber Função Gratificada (FG), o que cabe ao diretor, desta forma excluindo a possibilidade de retirar a obrigatoriedade da proposta. O Executivo enviará mensagem alterando a primeira sugestão para que todos os professores possam concorrer, desde que estáveis.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.