Eleita nova diretoria do Gramadense para o Biênio 2019/2020

0
2008
Conselho Diretor irá conduzir o clube em 2019 e 2020.


O Centro Esportivo Gramadense reuniu seu Conselho Deliberativo para a eleição do novo Conselho Diretor que irá ser responsável por conduzir o clube pelos próximos dois anos. O encontro aconteceu na última quinta-feira (20) na AABB.

A chapa única, formada pelo Presidente Sandro André Bazzan, 1º Vice-Presidente Enor Francisco Terres da Luz e 2º Vice Presidente José Francisco Carvalho foi eleita com os votos de todos os presentes na reunião. Também foi eleito o Conselho Fiscal para o mesmo período que será formado pelos efetivos Vanderlei dos Santos, Gilberto Bocalon e João Carlos Brentano e suplentes Sérgio Prinstrop e Álvaro Tomazeli.

Sandro Bazzan irá suceder Luia Barbacovi que estava a frente do clube desde 2010 totalizando quadro mandatos como Presidente. Barbacovi também foi presidente de 1995 a 1997. Sandro agradeceu a confiança e falou sobre as expectativas da sua gestão. “Primeiro agradeço a confiança de cada um. É um grande desafio e de muita responsabilidade com nosso associado, com os nossos profissionais e principalmente com Gramado. Queremos estreitar ainda mais o laço com a comunidade, contamos com cada um, aceitando críticas, sugestões e ideias, para proporcionar ao clube um crescimento de patrimônio e de pessoal e para manutenção do nosso processo de profissionalização.” Conclui Bazzan.

Ao Portal Gramado News, Luia fez uma breve análise de sua gestão a frente do clube. “Ficamos felizes de participar de mais um momento histórico para o CEG, onde iniciamos o processo de profissionalização em etapas, buscando primeiro concretizar o trabalho social através das categorias de base e também o processo de troca de estádio. Agradeço a todos membros do CEG e a comunidade por estarem presentes em todos esse tempo.” Afirma. Sobre o estádio, Luia destacou a importância para o futuro do Gramadense. “Buscamos nesse processo, através de permuta, garantir num futuro próximo uma renda que irá dar tranquilidade e subsídios para o departamento de futebol, garantindo uma excelente saúde financeira, além de proporcionar a nossa cidade um estádio multiuso que além de atender as demandas do CEG será também um espaço para nossa cidade.” Completou.

Ainda na mesma noite, o Conselho Deliberativo aprovou por aclamação o balanço financeiro de 2018 e a previsão orçamentária para 2019.