Eleições 2020: confira a primeira parte da entrevista com Evandro Moschem

0
1001
Foto: Divulgação.


O Portal Gramado News entrevistou os candidatos a prefeito de Gramado, abordando temas diversos. Confira a primeira parte da entrevista com o candidato Evandro Moschem.

Bacharel em Direito, pós-graduado em Gestão Pública, pós-graduado em Direito Civil e em Direito Administrativo e mestrando em Negócios. Evandro sabe o que Gramado precisa para avançar. Foi vereador da cidade em 2012, sendo autor de projetos na Câmara como o IPTU Verde, Banco de Milhagens, isenção ou desconto em impostos para servidores das forças policiais que defendam a população de Gramado, Evandro foi também o proponente da Semana da Juventude Empreendedora, focada em olhar para o futuro dos filhos da nossa terra, sem contar os inúmeros trabalhos voltados para a causa animal. Como vice-prefeito, Evandro Moschem é responsável pela captação de mais de 4 milhões de reais que auxiliaram Gramado a ter melhor infraestrutura e oferecer bons serviços tanto para quem mora aqui quanto para quem vem de fora.

GN – O que te motiva a ser prefeito de Gramado?

Evandro – Minha motivação vem de todas as dificuldades que nossa gente tem! Quando vejo alguém sem um exame, um idoso carente, um empresário quebrando, um jovem desempregado, esgoto brotando em ruas e cascatas, sei que posso fazer mais pela minha cidade para que ela abrace essas pessoas e minimizar os problemas existentes.

GN – Na tua opinião, em quais as áreas Gramado precisa avançar?

Evandro – Precisamos avançar na infraestrutura e melhorias para mobilidade urbana, revisão Plano Diretor, na construção de soluções exequíveis para o saneamento básico, aqui compreendendo aumento do abastecimento, reservação de água, universalização do tratamento de esgoto, ampliação e modernização das redes de esgoto em todos os bairros. Além disso, precisamos avançar nos programas de habitação social, como forma de minimizar o déficit habitacional existente em Gramado. Outra área fundamental é a gestão pública, precisamos adotar sistemas informatizados e procedimentos uniformes, ou seja, processos administrativos e emissão de documento público eletrônicos, tais como: alvarás, certidões, declarações o que resultará em transparência, agilidade e segurança para o munícipe. Ainda, podemos destacar a importância de avançarmos no fortalecimento do diálogo e construção de soluções integradas com os municípios da Serra Gaúcha, criando o Comitê Regional de Crise para discutir temas como manutenção e conservação das rodovias estaduais, saneamento, instalação do aeroporto de Caxias do Sul e de Canela e ações preventivas no enfrentamento de temas voltados à saúde.

GN – O turismo é a principal matéria prima de Gramado e foi diretamente atingido com a pandemia. Quais os planos para promover o setor turístico neste momento?

Evandro – O turismo mais do que nunca deve ser valorizado e incentivado, como uma das alternativas a retomada econômica da cidade. Contudo, é necessário um olhar de gestão e futuro pós-pandemia, pois acreditamos num novo modelo de turismo. Assim, o além de prepararmos a cidade, os segmentos e os turistas, vamos implementar o Programa Gramado Destino Seguro, bem como, fortalecer os roteiros e vivências rurais através do turismo rural, incluindo a valorização e qualificação dos produtos locais. Ainda, um dos eixos das ações integradas de retomada econômica, contempla o setor turístico com estratégias de inserção de Gramado na América Latina, fortalecendo a essência dos produtos de Gramado, a exemplo, do que acontece na Suíça que alia os chocolates a sua paisagem e gastronomia. E, para isso, precisamos reestruturar o Conselho da Gramadotur e elaborar o Plano Diretor Estratégico. Outro ponto fundamental é a comunicação e troca de dados turísticos, entre a Secretaria do Turismo e a Gramadotur, pois somente com dados vamos evoluir na construção de estratégias e respostas rápidas, na solução do desafio que é ser uma das cidades mais reconhecidas como destino turístico.

GN – Consequentemente, o setor econômico (indústria, serviços…) de Gramado também foi outra área atingida em função da pandemia. Como o candidato pretende alavancar a economia do município?

Evandro – É fundamental que o gestor defina políticas públicas estratégicas e eficientes, trazendo resultados de curto e médio prazo, com foco na geração de emprego local. Para isso, vamos executar o Plano de Retomada Pós-Pandemia, que contempla as seguintes políticas públicas: instituir o ISSQN do desenvolvimento, minimizar alíquota para setores estratégicos, criar o Programa Empreenda Gramado para atração de investimentos e novos empreendimentos, criar Força Tarefa de Fomento ao Empreendedor criando processos simplificados e fomentando atividades econômicas, implantar loteamento industrial com a devida estrutura para receber indústrias dos diversos segmentos e também valorizar as empresas já consolidadas na cidade, implementar o escritório do empreendedor através de espaços compartilhados, promover políticas públicas de apoio e fomento ao empreendedorismo e às micro e pequenas empresas, apoio as pequenas empresas do Feito em Gramado, mediante implantação de novas formas de vendas dos produtos, a partir das plataformas de tecnologia, além do Fortalecimento do Programa Gramado Colônia e ampliação e fortalecimento dos incentivos para Agroindústrias.

GN – Gramado sempre se destacou na realização e recebimento de eventos. Como retomar esse patamar pós-pandemia?

Evandro – Uma das grandes vocações de Gramado é o turismo associado aos nossos eventos, assim a Secretaria do Turismo deve ser incentivada e estrutura para criar políticas públicas para este setor, mediante apoio de divulgação e captação da Gramadotur, com foco na diversificação, na essência do produto local e na inserção de Gramado no âmbito das relações internacionais. Os eventos públicos ou privados para 2021 serão construídos a partir de um novo modelo, especialmente pós- pandemia, tendo como base os eventos ao ar livre e a garantia das medidas de segurança sanitária. É fundamental que o gestor público garanta o fortalecimento das estruturas de promoção dos eventos, no Plano de Governo, propomos o programa destinado ao Turismo, que contempla: fomentar a realização de eventos voltados para tecnologia, designer de inovação; melhorar as estruturas de eventos e investir em centro de evento; capacitar as pessoas que trabalham no ramo sobre os protocolos da prevenção e controle da pandemia, proporcionando a volta segura das atividades turísticas. Além disso, vamos qualificar as estruturas da Festa da Colônia, bem como reformar a atual estrutura da Expogramado, com objetivo de fomentar o setor de negócios e eventos oferecendo infraestrutura adequada.

GN – Quais seus projetos para eventos como o Natal Luz e Festival de Cinema, eventos que projetam Gramado para o Brasil e Mundo?

Evandro – Este é um dos espetáculos mais belos e que proporcionou a inserção de Gramado no cenário nacional e internacional, mas como todos os setores pós-pandemia, devemos pensar em alternativas para inovar e mantê-lo, neste patamar. É fundamental que o Poder Público estabeleça linhas de fomento e incentivos a estes e outros eventos, essenciais a inserção e afirmação de Gramado como cidade dos eventos que encantam, mas que também são possibilidades de investimentos. Assim, um dos compromissos com este segmento é o fortalecimento e qualificação do turismo, mediante implementação do marketing turístico e mídias diretas, incluindo aplicativos destinados ao consumidor de eventos, bem como promover ações estratégicas para estruturar e qualificar os setores da gastronomia, eventos de negócios, produtos locais a partir de selos locais e construção do marketing voltado ao turismo e aos eventos locais.

GN – O plano de governo do candidato prevê quais investimentos na área da saúde. E quais as medidas pretende para o Hospital Arcanjo São Miguel?

Evandro – O fortalecimento na área da saúde sempre foi um dos principais objetivos de qualquer gestor público, mas após os efeitos da pandemia é fundamental que o gestor municipal, que está próximo da realidade da sua comunidade, desenvolva políticas públicas eficientes na área da saúde. Para isso, nosso Plano de Governo conta com programa específico para saúde, tendo como objetivo enfrentar os desafios locais e regionais, promovendo não apenas o controle, mas o combate eficiente dos problemas e promoção das ações de prevenção. Nossa principal meta é oferecer a melhor estrutura em saúde, lembrando sempre do bem estar e da qualidade de vida do gramadense, exemplo disso é o incentivo e ampliação da descentralização do Programa Primeira Infância Melhor, que atende cerca de 50 famílias no bairro Altos da Viação Férrea. Além disso, para o enfrentamento das consequências do isolamento social prolongado, vamos implantar o Programa Saúde Metal e Emocional, além de fortalecer e ampliar o Programa Saúde da Família, o Programa Saúde no Meio Rural e investir na informatização nas unidades básicas de saúde. Em relação às medidas para o Hospital Arcanjo São Miguel, nosso compromisso é discutir e traçar metas quanto à gestão hospitalar com o Conselho Municipal de Saúde, Hospital, entidades e comunidade.