Eleições 2020: confira a primeira parte da entrevista com Nestor Tissot

0
1468
Foto: Divulgação.


O Portal Gramado News entrevistou os candidatos a prefeito de Gramado, abordando temas diversos. Confira a primeira parte da entrevista com o candidato Nestor Tissot.

Empresário e ex-prefeito de Gramado. Natural de Gramado e morador do bairro Várzea Grande, Nestor Tissot, de 62 anos, é casado há 34 anos com a empresária Jandira Wiltgen Tissot, de 55 anos. O casal é proprietário da Bonasoldi Distribuidora há 23 anos. Da união de 34 anos, nasceram Camila Caroline Tissot, de 31 anos, e Cindy Maíra Tissot, de 26 anos. Tissot foi vereador por dois mandatos de 1992 a 2000. Após, foi eleito por dois mandatos vice-prefeito ao lado de Pedro Henrique Bertolucci, o Pedro Bala. De 2005 a 2009 e de 2013 a 2016, Nestor foi eleito prefeito, ao lado de Luia Barbacovi. Nestor foi reconhecido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) em 2014 e 2016 como Prefeito Empreendedor com projetos ligados à Agricultura do município. Durante o período em que esteve à frente da Prefeitura, Nestor realizou a captação de R$ 86 milhões em projetos e emendas parlamentares de deputados, senadores e ministros.

GN – O que te motiva a ser prefeito de Gramado?

Nestor – Gramado por si só é uma cidade encantadora, com seu povo trabalhador e empreendedor, que ao longo de toda minha vida me proporcionou momento de extrema felicidade. É aqui que nasci, cresci, formei minha família, minha vida pessoal, profissional e política. Ao longo de toda minha trajetória política, iniciada com meu irmão, aprendi que todo conhecimento não pode ser guardado em uma caixinha e esquecido em uma gaveta, o aprendizado deve ser perpetuado, dividido e compartilhado. Gramado me ensinou tantas coisas e me proporcionou tantas realizações que a minha obrigação é retribuir, fazer algo mais pela cidade que eu tanto amo. Desde muito cedo aprendi a trabalhar, eram épocas difíceis, com pouquíssimos recursos, muitas vezes nenhum, mas meus pais me ensinaram que o trabalho dignifica o ser humano e que com o nosso próprio suor é possível conquistar tudo em nossas vidas. Foi com esses sentimentos e sempre com muita retidão, respeito, ética e com o desejo de ver minha Gramado sendo destaque no Brasil e no mundo que fui por duas vezes vereador, vice-prefeito e prefeito. Aliás por duas vezes reconhecido o Prefeito Empreendedor pelo Sebrae. Não quero ser prefeito apenas para carregar o título, quero ser o gestor de Gramado para novamente ver a nossa população sorrir, com pleno emprego, saúde, segurança, educação, moradia, qualidade de vida, enfim, quero ser o prefeito do povo, para o povo.

GN – Na tua opinião, em quais as áreas Gramado precisa avançar?

Nestor – Todas as áreas necessitam de investimentos elencar alguma talvez seria até difícil, mas precisamos inicialmente focar esforços na economia, saúde, educação e infraestrutura. O próximo gestor da cidade terá um papel fundamental, precisamos desburocratizar a máquina pública, a Prefeitura não pode ser a impeditiva para aqueles gramadenses que tem o sonho de empreender, muito pelo contrário é preciso apoiar e incentivar, afinal quanto mais empresas tivermos, maior será a geração de empregos e renda. Na área da saúde, por sinal área que conheço muito bem, é preciso investir pesado em cirurgias, sejam eletivas ou de urgência, uma vez que, a pessoa não pode ficar meses aguardando um procedimento, isso é um crime contra a vida. Vamos trabalhar na saúde preventiva de nossa população, para isso vamos ampliar horários de postos de saúde, fornecer medicação gratuita e exames, mas para que tudo isso ocorra vamos valorizar todos os nossos profissionais. Na educação vamos fazer cumprir o Plano Nacional de Educação assim como o Plano Municipal de Educação, além de ampliar as vagas de creches e retomar o contraturno nas escolas municipais. É preciso dar tranquilidade aos pais, pois como sabemos Gramado tem no turismo sua mola propulsora, durante o expediente de trabalho, seus filhos estarão assistindo por excelentes profissionais. E quanto a infraestrutura, é preciso colocarmos em pratica o Plano de Mobilidade Urbana e a Agenda Estratégica assim que aprovado pela Câmara de Vereadores. Precisamos pensarmos juntos na Gramado para os próximos 50 anos, é necessária a retirada de prédios públicos e de serviços da região central da cidade, além de, retomarmos o anel viário, evitando assim a necessidade de moradores e turistas circularem no Centro.

GN – O turismo é a principal matéria prima de Gramado e foi diretamente atingido com a pandemia. Quais os planos para promover o setor turístico neste momento?

Nestor – Foi em nosso governo que adquirimos o complexo da Expogramado, local gigante com vários pavilhões e que se eleitos formos pretendemos utilizar os espaços para realização de feiras e congressos. Com isso vamos atrair a Gramado o turismo de negócios, muito realizado na cidade, mas em virtude de espaços insuficientes, acabou migrando para outros municípios, principalmente para a região da Uva e do Vinho. Gramado a partir de 2021 vai viver um novo momento, a reinvenção. Pretendemos qualificar a aprimorar diretamente todos os nossos eventos, como a Festa da Colônia, Páscoa, Festival de Música, Festival de Cultura e Gastronomia, Festival de Cinema e nosso mundialmente conhecido Natal Luz. Gramado tem em sua vertente a reinvenção, passamos por diversos momentos difíceis, mas com o apoio de nossa população aguerrida, batalhadora e trabalhadora vamos sem sombra de dúvida revertermos a situação catastrófica provocada pela pandemia de Coronavírus. A exemplo da Festa da Colônia, cancelada em 2020, vamos promover em Gramado a maior Festa Colonial do Brasil, principalmente com ampliação e melhoramento dos espaços.

GN – Consequentemente, o setor econômico (indústria, serviços…) de Gramado também foi outra área atingida em função da pandemia. Como o candidato pretende alavancar a economia do município?

Nestor – Existem cerca de 500 alvarás aguardando a liberação pela Prefeitura. É muito demorado, para não falar desmotivador. Um cidadão que deseja empreender, gerar renda e empregos em Gramado não pode ficar esperando, muito pelo contrário vamos incentivar a abertura de novas empresas através de instituições federais. Eu particularmente assino Carteira de Trabalho desde meus 19 anos, sei da importância do emprego na vida das pessoas e é justamente por isso que temos vários projetos audaciosos para Gramado, principalmente com relação a área econômica. Vamos chamar o devedor de impostos municipais para o diálogo, reduzindo os juros e parcelando os débitos, com isso teremos várias maneiras de aumentarmos as receitas do município e consequentemente investirmos nas mais variadas áreas, principalmente no turismo.

GN – Gramado sempre se destacou na realização e recebimento de eventos. Como retomar esse patamar pós-pandemia?

Nestor – Neste momento de incertezas em que vivem os brasileiros e com a alta da moeda americana, os destinos brasileiros terão grandes possibilidades de receber um número maior de visitantes, a exemplo de Gramado, que logo após a mudança de bandeiras de restrição do governo estadual já aumentou o fluxo de visitantes. Vamos já a partir do início do mandato iniciar uma mega operação para vendermos Gramado nos principais destinos turísticos. Tenho pra mim que com muito trabalho, objetivo e foco, muito em breve teremos Gramado em plena pujança novamente. Eu acredito na capacidade dos Gramadenses da mesma forma que eles acreditam em nós e já tiveram provas da nossa capacidade de gerir Gramado. Para iniciar o trabalho precisaremos atuar no fortalecimento e reposicionamento da marca Gramado, objetivando a valorização da cadeia produtiva, com forte ação pós-pandemia, com a retomada da economia. Criaremos um plano de Gestão do Turismo de Gramado, em parceria com as entidades ligadas ao trade, criaremos ações estratégicas de direcionamento e metas no segmento do turismo local, qual o caminho que queremos para o futuro do turismo em nossa cidade, com execução a curto, médio e longo prazo. Trabalharemos no incentivo ao turismo sustentável, diversificação das experiências nos produtos e roteiros turísticos de Gramado, turismo criativo, turismo de saúde, turismo rural, turismo de compra, luxo, entretenimento, cultural e gastronômico, oportunizar novas experiências e também criar uma base de dados turísticos.

GN – Quais seus projetos para eventos como o Natal Luz e Festival de Cinema, eventos que projetam Gramado para o Brasil e Mundo?

Nestor – Nossos eventos precisam ser vistos com outros olhos, reinventados, revitalizados, para tanto teremos profissionais competentes, conhecedores da área de turismo e de eventos a frente dessa nova guinada. Com certeza, muito em breve, com as ações que estamos planejando o Natal Luz, Festival de Cinema, Páscoa, Festa da Colônia serão vistos com uma roupagem nova, é claro, sem perder a essência de Gramado. Vamos voltar ao passado e pensar no futuro. O gramadense tem nos solicitado que os eventos tenham características daqueles realizados no passado e vamos proporcionar não somente a população, mas também aos visitantes momentos nostálgicos, onde Gramado iniciou seus dois principais eventos, aliás todos os anos eles foram repaginados, mas 2021 será um ano de recomeços e é justamente por isso que vamos reavaliar todas as ferramentas culturais e econômicas que atraem mais de 6 milhões de turistas todos os anos a Gramado.

GN – O plano de governo do candidato prevê quais investimentos na área da saúde. E quais as medidas pretende para o Hospital Arcanjo São Miguel?

Nestor – Saúde é essencial para qualquer indivíduo, Investimentos expressivos, atendimento humano, carinhoso e ágil, ampliação das áreas de saúde pública e qualificação nos serviços são alguns dos compromissos que firmamos com a saúde de Gramado. Não pouparemos um centavo na saúde. Isso é compromisso e fica registrado. Vamos investir na construção, ampliação e modernização de postos de saúde, além de vários programas de atenção às famílias gramadenses, mas o fundamental será no acolhimento de nossa população. Durante a triagem dos atendimentos, que será realizado por equipe devidamente capacitada, o grau de gravidade do paciente será determinante no atendimento. Após o atendimento, o paciente já será submetido à consulta médica, exigindo a necessidade de medicação já será fornecida e em casos mais graves, onde há necessidade de exames, esses já serão marcados no ato. Com relação ao hospital Arcanjo São Miguel, iremos procurar parceiros da iniciativa privada que desejam empreender em Gramado para construir uma nova unidade hospital em outro local amplo e com fácil acessibilidade em contrapartida do imóvel onde atualmente abrigada a Casa de Saúde.