Decretada a prisão de agressor que estuprou ex-mulher em Canela

0
838


A Polícia Civil de Canela investiga prática de estupro ocorrida na madrugada do dia 08 de setembro, em Canela. A vítima, após as graves agressões sexuais sofridas, foi levada ao Hospital de Caridade de Canela, para atendimento médico.

Durante a consulta, a médica plantonista, ouvindo o relato da vítima, acionou a Brigada Militar, que conduziu o criminoso até a Delegacia de Polícia. No órgão policial, o Delegado Vladimir Medeiros determinou a prisão em flagrante do investigado, que é ex-companheiro da vítima. Apurando-se os fatos, verificou-se a prática de ato sexual não consentido (realizado contra a vontade da ex-companheira), com violência e grave ameaça contra a vítima.

A autoridade policial representou pela decretação da prisão preventiva do investigado, para que permaneça preso enquanto responde ao inquérito policial. Medeiros destacou a importância do atendimento feito pela rede, desde o hospital, a Brigada Militar e a Polícia Civil, com os desdobramentos no Poder Judiciário, com a decretação da prisão do investigado, para a proteção da vítima.

A Polícia Civil de Canela conta com o Posto Policial para a Mulher, para atendimento especializado e prioritário para mulheres vítimas de violência doméstica e familiar.