Cultura e Gastronomia: Cultura do mate e chimarrão é tema de oficina

0
164
Foto: Internet.

Quem não gosta de um bom mate pra esquentar nos dias frios ou refrescar nos quentes? No Rio Grande do Sul não tem tempo ruim e toda hora é hora de chimarrão. Nesta quinta-feira, 12, os gaúchos e visitantes de fora do estado poderão aprender todos os segredos da bebida na oficina da Cozinha Experimental “Cultura do Mate Chimarrão – Formas de preparo e utilização na gastronomia”, ministrada pela chef Ana Heidel e por Fernanda Valente, sócia da Materia Capitão Rodrigo. O chimarrão tem seus mistérios.

A temperatura da água, o tipo de erva e a forma de preparo são decisivos para um mate perfeito e que não fique “lavado”, como se diz no estado. Mas, além disso, a erva-mate tem outras possibilidades de uso. Pode ser usada na preparação de chás gelados ou até na composição de pratos da gastronomia local. “Queremos trazer a referência dessa bebida ancestral, crioula, amarga, mas com o universo de possibilidades que ela traz. Amanhã a chef Ana irá preparar um ravioli  de erva-mate e, também, teremos uma opção de uso em pratos doces.

Temos diferentes tipos de ervas. A erva dourada, a erva tostada, opções de blends, que podem ser usadas em mates gelados, chás, drinks, e queremos explorar esse universo regional”, comenta Fernanda. Durante a programação, a oficina acontece em dois momentos. Nesta quinta-feira, 12, às 15h, e no dia 18, às 16h30.

Materia Capitão Rodrigo tem espaço na Praça Major Nicoletti

Quem quiser água quente para o chimarrão ou conhecer os diferentes tipos de produtos a base de erva-mate, pode procurar o espaço da Materia Capitão Rodrigo, que estacionou sua bolanta ao lado do coreto da Praça Major Nicoletti. No estande, é possível conhecer os diferentes tipos de erva-mate, desde a apresentação para o chimarrão, nas variações tradicional, pura folha e tipo exportação, até chás a base de erva-mate tostada, que podem ser preparados quentes ou frios.

Curiosidade: a bolanta era uma estrutura que servia a vários fins no passado. Tanto era usada como transporte do gaúcho quanto para o transporte de alimentos, uma espécie de mercearia ambulante, que levava produtos até os vilarejos e, em alguns casos, até como moradia.

Confira a programação desta quarta, 11 e quinta-feira, 12.

Cozinha Experimental

11/09/2019 Quarta     

13:30 – 14:30 – Oficina Senac e Docile – Torta Diversão: Uma Combinação de Beleza e Sabor – Chef Larissa Marques

15:00 – 16:00 – Oficina Casa Aveiro – Bacalhau a Lagareiro – Chef Gallileu Morais

16:30 – 17:30 – Oficina Chilena – Sabores de Viña del Mar: Chocolate liofilizado – Chef Chocolatier Jorge Quichel,(INACAP)  e Giuliano Olmos (Domus Mare Hotel)

18:00 – 19:00 – Oficina Chilena – Sabores de Viña del Mar: Cozinha da 5ª costa – Chef Giuliano Olmos ( Domus Mare Hotel ) e Chocolatier Jorge Quichel (INACAP)

12/09/2019 Quinta      

13:30 – 14:30 – Oficina Senac – Risoto de Camarão: O Sabor Vem do Mar – Chef Endrigo Sedrez

15:00 – 16:00 – Oficina Cultura do Mate Chimarrão – Formas de preparo e utilização na gastronomia-  Chef Ana Heidel e Fernanda Valente

16:30 – 17:30 – Oficina Chilena – Oficina de mar e terra em Gramado – Chef Marcelo Mora – INACAP

18:00 – 19:00 – Oficina Chilena – Caldillo de Congrio – Chefs Paula Báez e Cristian Gómez – Restaurante Tres Peces