Covid-19: prefeito reforça que Gramado integre microrregião turística

0
894

O Modelo de Distanciamento Controlado do Rio Grande do Sul é um guia elaborado pelo Governo do Estado a partir de critérios de saúde e de atividades econômicas. A proposta se constrói com sistemas de bandeiras, que atendem protocolos obrigatórios e critérios específicos para cada setor econômico.
Gramado integra a macrorregião Serra – que é composta, no total, por 49 municípios. Ou seja: quando este grupo de cidades é enquadrado a partir de determinada bandeira, Gramado também se ajusta às novas regras de distanciamento.

Desde a segunda-feira, dia 22, Gramado está reclassificado na bandeira laranja, que corresponde ao risco médio diante da pandemia do novo coronavírus. No entanto, na semana anterior, o município esteve integrado à bandeira vermelha – em função da macrorregião.

Com isso, a Prefeitura de Gramado reitera a apreensão sobre a possibilidade de que o município retorne à bandeira vermelha (que corresponde a um risco de categoria alta). “A preocupação existe especialmente porque poderemos ser atingidos, de novo, por um fato que não cometemos”, pontua o prefeito de Gramado, Fedoca Bertolucci.

Mudança
A solução assinalada pelo prefeito seria a criação, por parte do Governo do Estado, de uma microrregião com Gramado, Canela, São Francisco de Paula, Nova Petrópolis e Picada Café. Deste modo, este grupo de cidades teria a designação de uma classificação própria, a partir de sua atividade turística – sem estar enquadrado, portanto, na macrorregião Serra. “Estamos vigilantes para ter do governo estadual a compreensão de que esta microrregião é uma alternativa. Assim, estes municípios focariam em sua principal atividade, que é o turismo”, reitera Bertolucci. “De qualquer modo, seguimos permanentemente em vigília porque queremos acompanhar todos os movimentos da macrorregião, a fim de que eventos ocorridos em outras cidades não atinjam Gramado novamente”, assegura o prefeito.