Constantino pede apoio de deputados para renovação da concessão do Caracol

0
891
Atual concessão do ponto turístico vai até 2020. Foto: Internet.


Preocupado com a possível não renovação da concessão do Parque do Caracol por parte do Governo do Estado, ao município de Canela, o prefeito Constantino Orsolin mobilizou a bancada de deputados do seu partido, o MDB, para tratar do assunto.

O encontro com os parlamentares ocorreu na tarde desta terça-feira, 6 de agosto, na Assembleia Legislativa, em Porto Alegre. Orsolin pediu empenho dos oito deputados emedebistas para convencer o Estado a renovar a concessão por mais 30 anos ou fazer a doação do Parque para Canela, deixando a cargo do município a terceirização do ponto turístico.

A concessão do empreendimento turístico para Canela extingue em agosto de 2020. Atualmente, a bilheteria do Parque resulta em uma receita anual de aproximadamente R$ 5 milhões, sendo em média R$ 1 milhão repassado aos cofres do Palácio Piratini.

Conforme Orsolin, os parlamentares manifestaram total apoio ao pleito de Canela e agendarão uma reunião para abordar a questão com o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo do RS, Ruy Irigaray (PSL) e com o titular da pasta Extraordinária de Parcerias, órgão que está conduzindo o projeto de privatizações que o governo gaúcho quer colocar em prática. “Os recursos gerados pelo Parque do Caracol são fundamentais para o desenvolvimento turístico de Canela,” afirma Orsolin.

Segundo ele, caso o município receba o Caracol como doação do Estado, Canela continuaria repassando um percentual da arrecadação gerada com a cobrança de ingresso ao Executivo gaúcho.

Orsolin destaca que tanto o Estado quanto a Prefeitura não tem condições financeiras para ampliar as atividades e modernizar a estrutura do Parque.

O PARQUE DO CARACOL É A NOSSA AUTOESTIMA”

Atualmente, após abater gastos com pessoal e a manutenção do Parque, 70% do lucro com a cobrança de acesso ao ponto turístico fica com Canela e 30% com o Palácio Piratini. “Canela não pode perder esta receita, ela é fundamental para o avanço da cidade. O Parque do Caracol é a nossa autoestima, nos identifica como cidade turística,” destaca Orsolin.

O gestor acrescenta, que do valor destinado ao município, a Prefeitura aplica mais de R$ 1 milhão na manutenção do ponto turístico, aplicando o restante dos valores em promoções turísticas e eventos públicos.