Com fronteiras reabrindo, mercado internacional volta a investir no Brasil

0
550
Tailândia. Foto: Divulgação.


Que a retomada do turismo brasileiro já é uma realidade, empresas e empresários vêm confirmando fechando bons negócios. No entanto, com o avanço da vacinação no mundo, essa também é uma perspectiva do mercado internacional. A gradativa abertura das fronteiras cria um cenário positivo tanto para os países como para o turista.

Um exemplo disso é que destinos como Mônaco, Seychelles, Tailândia, Itália, Portugal, México, Uruguai e Paradise Cost já confirmaram presença no Festuris 2021. A gerente comercial do Núcleo Festuris, Andrea Oliveira, adianta que há negociações com outros países como Israel, Argentina, Costa do Marfim, Suíça.

Segundo o CEO do Festuris, Eduardo Zorzanello, essa ativação valida muito o potencial da feira, assim como a intenção do mercado internacional de se mostrar para o brasileiro. “Mesmo em um momento em que nem todo o mundo se recuperou da marcante crise da pandemia da Covid, estamos com expectativa boa em relação ao ano passado, com a participação mais efetiva de destinos internacionais. Os clientes querem saber o que os países estão fazendo de diferente nessa retomada, ainda que delicada para alguns”,  avalia.

O Festuris já contou com 65 destinos internacionais em outros anos e, para uma retomada após uma enorme crise, é mais um momento de esperança. O Uruguai, por exemplo, estará presente em um estande de 90 metros quadrados. O país foi o primeiro  a investir no Festuris, há 30 anos.

Sobre o Festuris

Neste ano, contamos com a Rede Laghetto como hotelaria oficial, Gramado Receptivo é a agência oficial do evento e a Prudent é o parceiro de Biossegurança. Em 2020 o Festuris Gramado foi a primeira feira de negócios do turismo da América Latina a ocorrer de maneira presencial, desde o início da pandemia da Covid-19. Foram 5 mil inscritos, 6 mil reuniões de negócios através do aplicativo, 1,5 mil marcas em exposição em 25 mil m² de área. O evento acontece de 4 a 7 de novembro.