Chaves

0
544
dieison correto


Muito me alegra assistir o Chaves. Uma série mexicana de ponta. Mas, uma ressalva é preciso fazer. Por qual razão o “Seu Madruga” leva sempre a pior? Alguma vez pensaram nele como duma estirpe do professor “Girafales”? Mas, afinal, o Madruga é Madruga. Tem muitos assim. Alguns “Seu Madruga” que vivem na malandragem. Que não pagam o aluguel, que nem querem trabalhar. Mas, são exímios pais. Ele é pai solteiro, mas um homem de bom coração. Mesmo que as bofetadas que leva da “Dona Florinda” não é de sua culpa, jamais ergueu as mãos contra ela.

Esta série faz um lembrete aos cidadãos de bem: mesmo que na pobreza e dificuldade, jamais trapaceie ou sobressaia mais que os outros. Só em observar ele, teríamos muitas reflexões. Contudo neste mundo pós-moderno, um bom coração vivifica a sociedade. Aliás, uma vila sem nome. Uma vila dos sonhos.

Vizinhos que são amigos. Vizinhos que passeiam juntos e brigam juntos. Ao final de cada programa, nunca um final infeliz. A gargalhada sempre encerra as cenas. Assim deveria ser nossa sociedade. Assim deveria ser o mundo. Os “Madrugas” e toda a turma. Quanto aos aluguéis atrasados, bem sabemos que o “Senhor Barriga” é um bom homem.

Entenderá que ser pai é muito mais que quitar o aluguel. Ao ver, a dívida já está paga. Que a turma do Chaves possa ser um espelho para muitos de nossa sociedade, incluindo quem vos escreve.