Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo iniciou em Canela

0
167
Foto: Internet.

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, em Canela, teve início segunda-feira (7). Nesta primeira fase, o público-alvo são as crianças de 6 meses até 4 anos, 11 meses e 29 dias, e é preciso que os pais levem a carteira de vacinação das crianças.

As doses são aplicadas nas unidades de saúde: Canelinha, Santa Marta, Leodoro de Azevedo, São Luiz e Centro Materno Infantil. O horário de atendimento, em todas as UBS, é das 7h15 às 11h30 e das 13h às 16h30.

Será aplicada a vacina da tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba), além de revisada a carteira de vacina. Se necessário, a criança receberá mais um reforço do sarampo, tudo para evitar que, a exemplo de várias localidades pelo país, Canela não tenha muitos casos da doença.

A Secretaria Municipal da Saúde informa que não haverá vacinação na zona rural devido ao registro da vacina ser obrigatório no Sistema de Registro de Vacinas do Ministério da Saúde, que hoje é informatizado e deve acontecer concomitantemente à aplicação.

O dia D da campanha será em 19 de outubro, quando as UBS (menos a Central) estarão abertas das 8h ao meio-dia e das 13h às 16h. “A participação da população elencada na campanha é de extrema importância, pois é com a vacinação que evitamos o retorno de doenças e ficamos imunizados. Essa estratégia busca a vacinação indiscriminada de toda a população elencada ou com esquemas de vacinação incompletos, visando melhorar as coberturas vacinais e assim manter controladas, eliminadas ou erradicadas as doenças imunopreveníveis”, diz a enfermeira Magali Dell Valle Cavinato, da Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde de Canela.

SOBRE O SARAMPO

(Dados extraídos do site do Ministério da Saúde)

O que causa?

A transmissão do vírus por via aérea, ao tossir, espirrar, falar ou respirar. O sarampo é tão contagioso que uma pessoa infectada pode transmitir para 90% das outras próximas que não estejam imunes. A transmissão pode ocorrer entre 4 dias antes e 4 dias após o aparecimento das manchas vermelhas pelo corpo.

Quais as complicações do sarampo para as crianças?

O sarampo é uma doença grave que pode deixar sequelas por toda a vida ou causar óbito. Por isso, é fundamental se vacinar.

Pneumonia – Uma em cada 20 crianças com sarampo pode desenvolver pneumonia, causa mais comum de morte por sarampo.

Otite média aguda(infecções de ouvido) – Ocorre em cerca de 1 em 10 crianças com sarampo e pode resultar em perda auditiva permanente.

Encefalite aguda – Uma em cada 1.000 crianças pode desenvolver essa complicação e 10% delas podem morrer.

Morte – Uma a 3, a cada 1.000 crianças doentes, podem morrer em decorrência de complicações da doença.