Campanha da vacinação contra a gripe começa nesta quarta em Canela

0
625
Foto: Divulgação.


A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa na quarta-feira (10) em todo o país. De acordo com o Ministério da Saúde, a imunização, este ano, foi antecipada em cerca de 15 dias em relação aos anos anteriores, quando a campanha teve início na segunda quinzena de abril.

Nesta primeira fase, serão priorizadas crianças com idade entre 06 meses até 5 anos 11 meses e 29 dias, grávidas em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto). A escolha, segundo o ministério, foi feita por causa da maior vulnerabilidade do grupo.

A partir de 22 de abril, todo o público-alvo da campanha poderá receber a dose, incluindo trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

UNIDADES DE SAÚDE QUE ESTÃO APLICANDO A VACINA

UBS Dr. Harry Rössler Heckmann

Av. Cônego João Marchesi, 640, bairro Canelinha

Fone 3282-5116

UBS Dr. Pedro Sander – CENTRO MATERNO INFANTIL

Rua João Pessoa, n° 104 – Centro

Fone 3282-5118

UBS Dr. Esmeraldo Mendes Pereira

Rua Tio Elias, n° 385 – Bairro Leodoro de Azevedo

Fone 3282-5117

UBS Dr. Ruy Vianna Rocha

Rua 1° de Janeiro, n° 909 – Bairro Santa Marta. Fone 3282-5112

UBS Guilherme Oscar Bauer

Rua Pedro Cezar Raymundo, n° 48 – Bairro São Luiz

Fone 3282-5115

* Na Unidade Central serão aplicadas vacinas somente no segundo período da campanha que é o público adulto.

DIA D

A campanha que segue até 31 de maio, terá o Dia D, no dia 4 de maio, das 8h às 17h, nas Unidades Básicas de Saúde do: Centro Materno Infantil, Canelinha, Leodoro de Azevedo, São Luiz e Santa Marta e a Unidade Móvel estará na Praça João Corrêa.

VACINA

A vacina da gripe esta composta por três cepas da influenza: A(H1N1), A (H3N2) e B, estas cepas são escolhidas baseados em estudos realizados a cerca dos vírus circulantes no ambiente em que vivemos, a Vacina é Trivalente. A importância da vacinação dos grupos prioritários se deve ao fato de que neste grupo a eficacia da vacinação apresentou resultados satisfatórios, consequentemente levou a redução de complicações e internações causadas por problemas respiratórios, bem como também diminuição de óbitos.

“Enfatizo a aplicação da vacina da Gripe o mais breve possível pois para alcançar a eficácia necessária leva em torno de 15 à 20 dias após a aplicação da mesma, a meta de vacinação é de 90 % de cada grupo. A vacina não pode ser aplicada em caso de febre, quadro gripal ou alergia a algum componente da vacina. Reiteramos a importância da vacinação por todos dos grupos elencadas, pois é através dos números que apresentamos ao Estado do Rio Grande do Sul e Ministério da Saúde que cada vez mais cedo a vacina deve ser disponibilizada para região Sul do país”, destaca Magali Dell Valle Cavinato, enfermeira do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde.

A vacinação no interior será realizada todas as quartas-feiras de tarde com atendimento médico conforme escala já estabelecida.

MEDIDAS PREVENTIVAS PARA H1N1 e GRIPE

-Manter o ambiente ventilado;

-Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal;

-Evitar tocar olhos, nariz ou boca;

-Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete antes das refeições, antes de tocar os olhos, boca e nariz e após tossir, espirrar ou usar o banheiro;

-Proteger com lenço (preferencialmente descartáveis) a boca e nariz ao tossir ou espirrar, para evitar disseminação de aerossóis;

-Evitar aglomerações;

-Orientar os pais que quando o aluno apresentar febre ou tosse – permanecer em casa e procurar atendimento médico;

** Qualquer dúvida entrar em contato com as Unidades ou na Vigilância Epidemiológica pelo telefone – 32825172.