Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação para Atualização da Caderneta iniciam na segunda-feira

0
1331


A Secretaria Municipal da Saúde informa que inicia na segunda-feira, dia 5, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e a Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação das crianças e adolescentes de até 15 anos.

O dia “D” de divulgação e mobilização regional deve ocorrer no dia 17 de outubro, quando as Salas de Vacinação da UBS Centro, ESF Vila Olímpica e UBS Caic estarão abertas das 08h às 17h. As campanhas, que seguirão até dia 30 deste mês, devem contemplar cerca de 7.091 crianças e adolescentes.

Neste ano, algumas estratégias diferenciadas ocorrerão:

  • Crianças menores de 1 ano: devem comparecer para verificação da carteirinha. Na falta de alguma dose para proteção contra poliomielite, receberão a vacinação inativada, ou seja, a vacina injetável, que causa imunidade individual. As demais vacinas também poderão ser colocadas em dia mediante avaliação do vacinador.
  • Crianças de 1 ano a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias) receberão a Gotinha, conhecida como vacina oral contra a poliomielite. Esta vacinação, neste grupo etário, causa imunidade de rebanho.
  • Crianças com 5 anos ou mais e adolescentes até 15 anos: devem comparecer para verificação da carteirinha e atualização das vacinas, se necessário. É importante lembrar que este ano foi incluída uma nova vacina para crianças com 11 e 12 anos, a ACWY, que confere proteção contra meningites bacterianas, doença grave que pode gerar complicações neurológicas, perda de membros, perda auditiva e paralisia e até mesmo levar ao óbito. Conforme a SMS, estima-se que em Gramado há 1000 crianças nesta faixa etária.

Orientações Importantes:

– Não esquecer de levar carteirinha de vacinação;

– Crianças e adolescentes deverão vir acompanhadas por 1 acompanhante apenas, visando minimizar aglomeração;

– Todos devem usar máscara, exceto crianças menores de 2 anos;

– Se possível, levar um frasquinho com álcool gel para higienização das mãos;

– Respeitar o espaçamento nas filas das salas de vacinação;

– Não deixar a vacinação para última hora. Programar sempre é a melhor opção;

– Não vacinar mediante sinais e sintomas de doenças agudas, como resfriado ou gripe. Aguardar melhora para atualizar as vacinas;

– Não comparecer na sala de vacinação se estiver em isolamento ou se algum contato domiciliar estiver com suspeita de Covid-19;

– Crianças ou adolescentes com Covid-19 deverão realizar vacinação após o isolamento, e diante ausência de sinais e sintomas.

A importância de manter a Caderneta de Vacinação atualizada

A vacina não protege apenas a pessoa que a recebe, mas evita a propagação de doenças que podem levar sequelas graves e até mesmo à morte. O momento que a sociedade vive mostra como as vacinas são importantes tanto que é muito esperada a vacina contra a Covid-19, doença que já causou a morte de centenas de milhares de pessoas pelo mundo.

O Programa Nacional de Imunizações oferta, gratuitamente pelo SUS, vacinas que protegem contra doenças tão graves quanto a Covid-19. Vale lembrar que o não comparecimento nas salas de vacinação pode nos levar a viver outras epidemias por doenças que já estão erradicadas no Brasil, mas que diante a não vacinação em massa, poderão voltar, pois não estão erradicadas no mundo.

Conforme a Secretaria Municipal da Saúde, um exemplo disso é a poliomielite, doença grave que afeta principalmente crianças com menos de cinco anos, que pode levar à paralisia irreversível de partes do corpo, inclusive do sistema respiratório. Em 1994, o Brasil recebeu o certificado de eliminação da pólio. Todavia ainda existe risco da doença voltar, pois em 2018, foram notificados 29 casos em diferentes países. Em um mundo globalizado, em que a circulação de pessoas é cada vez maior, as vacinas merecem atenção e cuidado.

Onde fazer a vacina:

UBS Centro

Rua Ernesto Volk, n° 300 – Centro – Telefone: (54) 3295-7100

Horários: 07h30min às 11h30min e das 13h às 17h

ESF Vila Olímpica

Rua Leopoldo Tissot, s/n – Vila Olímpica, Várzea Grande – Telefone: (54) 3286-8479

Horários: 07h30min às 11h30min e das 13h às 17h30min

UBS Caic

Rua Josias Martinho, 197 – Bairro Moura – Telefone: (54) 3286-6388

Horários: 08h às 11h30min e das 14h às 16h30min

ESF Pórtico

Rua Ledovino Pante, nº 225 – Bairro Pórtico – Telefone: (54) 3286-0849

Horários: 08h às 11h e das 14h às 16h30min

UBS Floresta (estará fechada de 13 a 27 de outubro)

Rua São João, 150 – Floresta – Telefone: (54) 3286-1161

Horários: 08h às 11h30min e das 14h às 16h30min