Campanha de doação de sangue do Skyglass Canela supera meta

0
410


A campanha para doação de sangue idealizada pelo Skyglass Canela e realizada em parceria com o Banco de Sangue de Caxias do Sul e o Grande Hotel Canela superou as expectativas dos organizadores. Com apoio do grupo Força Tarefa Serra Gaúcha, a ação solidária mobilizou centenas de voluntários. As coletas ocorreram na terça-feira (4), no Grande Hotel Canela. Além de atingir a meta de 90 doadores, a ação também resultou em uma fila de espera com mais de 200 de pessoas dispostas a contribuírem com o Banco de Sangue em uma próxima coleta itinerante que será desenvolvida pela instituição.

Cada um dos doadores foi contemplado com um ingresso para conhecer o Skyglass Canela, que possui a maior plataforma estaiada de aço e vidro do mundo. Segundo a gerente de captação do Banco de Sangue, Franciele Roso, foi a maior campanha realizada em 2021 na Serra, considerando a doação/dia. “Em menos de 24 horas, foram preenchidos os agendamentos que nós tínhamos e isso é uma resposta muito positiva ao empenho do Skyglass e do Grande Hotel, que nos cedeu o espaço”, avalia.

Franciele destaca que as doações feitas irão ajudar para que o Banco de Sangue possa atender a demanda que diariamente vem aumentando. “Estamos com uma grande fila de espera. Por isso, já temos um número considerável de doadores cadastrados para a próxima campanha. Essa coleta vai dar um suporte bem significativo ao nosso estoque. O Banco de Sangue fica em Caxias do Sul, mas atende todos os hospitais da região com a distribuição de sangue”, afirma. “Sabemos que Canela tem uma sensibilidade com essa causa e poder estar contando com parceiros fortes como o Skyglass favorece para que as pessoas se engajem na doação de sangue. Uma doação pode salvar até quatro vidas”, conclui Franciele.

Para o diretor do Skyglass Canela, Fabrício Medeiros, a iniciativa consiste em uma demonstração de amor ao próximo por parte dos doadores. “Na questão da solidariedade, falamos muito nos alimentos, o que é nobre. O pão nós conseguimos comprar, mas o sangue não. Há uma necessidade de abastecer o Banco de Sangue porque sempre há demanda. A campanha foi um sucesso. Nós iremos repeti-la para que não falte sangue para quem precisa”, destaca Medeiros.

AJUDAR O PRÓXIMO

A campanha atraiu voluntários que doaram sangue pela primeira vez. Foi o caso do gestor comercial, Maicon De Aguiar, 35 anos. Morador de Canela, ele agendou a sua coleta para o período da manhã. “A minha motivação é sempre ajudar o próximo. Devido a pandemia, temos que colaborar, fazer o bem sem olhar a quem. Foi uma excelente ação. Todos estão de parabéns”, elogia Aguiar.

Já o pastor da Igreja Batista, David Scherdien Santos, 43 anos, é doador há cinco anos. Residente em Caxias do Sul, ele passa um período de férias em Canela e aproveitou a oportunidade para novamente fazer o bem: doar sangue. “Como estava descansando no Grande Hotel vi a oportunidade de juntar as duas coisas. É um gesto simbólico, mas muito significativo quando compartilhamos nosso sangue com outras pessoas”, frisa. “O fato da campanha trocar ingressos por doações é muito bom. Estamos vivendo um momento onde temos que somar forças. Essas parcerias abrem portas e incentivam as pessoas”, acrescenta Santos.