Brigada Militar inicia atividades da ‘Operação Nacional Maria da Penha – Defenda a Mulher’

0
368
Foto: BM.


Nesta semana o 1º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (1º BPAT) iniciou as atividades da Operação Nacional Maria da Penha – Defenda a Mulher. A ação, que é de âmbito nacional, está sendo realizada pela Brigada Militar em todo o Estado, em integração com demais órgãos do sistema de segurança pública, segue até o dia 20 de setembro.

No 1º BPAT as ações ocorrem nos dez municípios de atuação com o reforço das Patrulha Maria da Penha que desenvolvem os trabalhos em Gramado, Canela, Igrejinha e Três Coroas.

A Operação Nacional Maria da Penha – Defenda a Mulher tem por objetivo o fortalecimento das ações de fiscalização das medidas protetivas de urgência, visando prisões pela constatação do descumprimento, e a redução dos indicadores de feminicídios e violência doméstica e familiar contra a mulher no Estado do Rio Grande do Sul.

Na operação as Patrulhas Maria da Penha da unidade priorizarão a visitação às vítimas em situação de vulnerabilidade e/ou que tenham relatado descumprimento de Medida Protetiva de Urgência. Ainda todas as guarnições participarão de ações com realização de barreiras de conscientização, distribuição de materiais informativos, realização de palestras, realização de visitas às vítimas que tenham realizado registro por casos de violência doméstica para orientar sobre seus direitos, entre outras ações que entenderem pertinentes para o atingimento do objetivo da operação.

No município de Igrejinha as guarnições iniciaram as atividades na terça-feira (24), realizando apoio ao CREAS (centro de referência Especializado da Assistência Social) de Igrejinha, com a entrega de panfletos com legislação referente a Lei Maria da Penha e orientações sobre os canais de denúncia.

Em Gramado, marcando o lançamento da operação, na manhã de quinta-feira (26), na área central da cidade, as guarnições realizaram barreiras de conscientização, também com a distribuição de folders e orientações.