Bondinhos Aéreos de Canela amplia capacidade nas cabines para visitantes

0
491


O Parques da Serra Bondinhos Aéreos, de Canela (RS), está ampliando a capacidade de suas cabines para os visitantes. Seguindo o decreto do governo do Rio Grande do Sul, o parque passou a operar com capacidade de 50%, com cuidados e protocolos rigorosos. “As cabines dos bondinhos possuem capacidade para até oito pessoas, e por isso embarcamos até 8 pessoas da mesma família ou grupo por cabine e até 4 pessoas de famílias distintas, que não tenham relação”, explica o diretor do empreendimento, Fabrício Bogo.

Segundo ele, as cabines dos bondinhos são periodicamente esterilizadas com um produto que possui permanência de até 90 dias sobre as superfícies. O produto é pulverizado com pistolas eletrostáticas fabricadas nos Estados Unidos e adere de forma molecular às superfícies. Como a solução aplicada não é removida, o microrganismo se torna inativado por desnaturação. Além disso, as janelas ficam abertas 100% do tempo, para circulação do ar, e são tomadas medidas para se manter uma distância mínima de 1,5 metros entre as pessoas nas filas. “Também estamos orientando as pessoas a evitarem a retirada da máscara enquanto estiverem nas filas e dependências do parque”, acrescenta Bogo.

Para resguardar a saúde de visitantes e colaboradores, outros cuidados preventivos de combate ao coronavírus no parque incluem uso obrigatório de máscara, disponibilização de álcool gel em sanitários, entrada e setores de embarque e desembarque, e a presença de colaboradores para auxiliar, orientar e tirar dúvidas dos visitantes. O Parques da Serra Bondinhos Aéreos possui os certificados de turismo responsável, limpo e seguro, emitidos pela Secretaria de Turismo e Cultura de Canela, Ministério do Turismo e Governo Federal. O parque anuncia que está aberto todos os dias, das 9h às 17h.

O Parques da Serra Bondinhos Aéreos reabriu no dia 10 de abril, com 25% da capacidade de público. O passeio começa com o embarque na Estação Central, seguindo para uma parada na Estação Animal, com mirante, trilha e o espaço Esculturas que Falam. Depois o trajeto segue para a Estação Cascata, onde o visitante aprecia uma vista privilegiada e frontal da Cascata do Caracol, uma das principais belezas naturais do Brasil e cartão postal de Canela. Na Estação Central os visitantes também podem se aventurar no Eagle, equipamento que consiste em uma cadeira com capacidade para duas pessoas, suspensa por um cabo instalado em inclinação que simula o voo de uma águia.