Artista plástico Alessandro Müller irá retratar pessoas e paisagens rurais de Gramado em projeto cultural

0
525
Igreja São Valentim, Linha 28. Foto: Francine Tisiam.


Registrar e divulgar a cidade e suas tradições e culturas coloniais através da ótica das artes plásticas, costurando a história e arte. Este é o objetivo central do projeto cultural “Retraturas do cotidiano: Um resgate do tempo”, realizado pelo artista plástico Alessandro Müller. Durante todo o mês de novembro, o artista busca retratar a essência e a beleza natural de Gramado, desenhando ao vivo paisagens e pessoas das localidades da Linha 28, Linha Bonita, Linha Nova, Serra Grande e Nova Renânia.

Existe uma simbologia na escolha de cada local, da paisagem e das pessoas retratadas. “Busco reviver a história onde a cidade começou, bem como valorizar as pessoas que contribuíram para o desenvolvimento sócio econômico, turístico e cultural do que hoje é a Gramado que conhecemos”, observa o artista plástico. Para Alessandro, retratar o cotidiano rural é respeitar a tradição, as crenças, os costumes, o trabalho dos colonos e as belezas naturais, que são as verdadeiras heranças da nossa história.

Este projeto de artes visuais, que visa divulgar o conhecimento e as expressões tradicionais e populares, também contará um pouco da história da cidade. “Durante todo o ano nós conversamos com pessoas, coletamos depoimentos, escutamos histórias antigas e iremos trazer este conhecimento à tona novamente, contribuindo para que nunca seja esquecido e sim, fortalecido”, afirma Luana Michel, produtora do projeto.

Ao final do projeto, durante o mês de dezembro, as obras produzidas serão exibidas numa exposição virtual no site do artista, com direito a visita gratuita e monitoria guiada. Além disso, algumas das obras produzidas serão doadas à acervos públicos do município, para que estes registros contribuam com a manutenção do patrimônio histórico cultural imaterial da cidade, proporcionando conhecimento a todos que buscarem saber mais da nossa gente e da nossa terra. A agenda completa com todas ações culturais será divulgada nos próximos dias.

É possível acompanhar em tempo real nas redes sociais, onde vídeos, fotos e fatos históricos estão sendo compartilhados diariamente.

Todas as ações deste projeto cultural contam com o financiamento da Prefeitura Municipal de Gramado e da Secretaria de Estado da Cultura do RS, através do edital Arte por toda parte – SEDACTEL Pró-cultura RS FAC.