Arquitetura é…mas também é…

0
606


Como estreia no blog me parece primordial mostrar a arquitetura da maneira como eu vejo e sinto.

Se olharmos ao nosso redor a arquitetura está em todos os lugares e presente no nosso dia a dia. Ela está em nossas casas, nos supermercados, nas escolas, nos monumentos públicos e até nas calçadas e praças de nossas cidades.

O arquiteto é peça fundamental na criação desses lugares, pois toma para si o compromisso de idealizar novos espaços ou mudar os já existentes de forma que os tornem melhores para a sociedade e que tragam uma melhor qualidade de vida para as pessoas.

Dito isso vou apresentar a arquitetura em forma de um poema, brilhantemente escrito pela arquiteta Laura A. Stoffels.

Arquitetura é abrigo, é necessidade, é funcionalidade,

Mas também é arte, é invenção, é sentimento.

Não é natureza, mas faz parte dela.

É integração.

É pública, é política é monumental,

Mas também é íntima, é aconchego, é pequena, é amor.

Engana-se quem acha que ela sempre é projetada, é também favela.

É luxo, mas também simplicidade.

É melhoria, é evolução, é qualidade de vida.

É sonho realizado, mas também é o meio do caminho.

É experiência,

É momento, mas também é muito tempo,

É historia, é lembrança,

É espectadora da vida, mas também é obra.

É forte, é rígida,

Mas é preciso cuidado, é preciso presença, se não ela nãosobrevive.

Ela não vive sem a gente, e a gente não vive sem ela.

Ela é tudo isso, mas infelizmente nem sempre é inteligente,

Nem sempre a sua melhor forma é acessível.