Antônio Augusto de Moraes Liberato – Pilares Humanos

0
430

Nesta última semana ficamos sabendo da fatalidade de Gugu. A morte do apresentador foi muito trágica. Um descuido que custou uma vida. Todavia, uma oportunidade para revivermos. Uma oportunidade para escolhermos viver melhor. Gugu, sem muito conhecermos dele, sabemos de sua disposição em sorrir. Sabemos, com nossas míseras percepções, sempre nos permitiu minutos de felicidade.

Este texto será curto. Promessa é dívida. Aliás, foi a promessa de uma vida melhor que permitiu a ele uma nova vida. E, essa, é a nossa vez. Nossa hora de agradecer por podermos agradecer. Viver por podermos viver. Parece um tanto redundante, repetitivo. Mas, de fato, é, em suma uma mensagem de vida. Ele faleceu. Deixará saudade. Lembro das palavras de Martha Medeiros “Passar pela vida à toa é um desperdício imperdoável. ”

Assim, essa nossa missão. Somos como pilares na vida de todos. Desde homens até animais. Somos chamados a marcar presença em dias tristes e convocados a sorrir em dias felizes. Gugu marcou a vida de muitas pessoas. Passou pela vida compartilhando de sua felicidade e nos fazendo sorrir. Somos nós, hoje, que devemos continuar essa missão: somos pilares humanos num mundo material.

Gugu, Deus te conceda o descanso e a luz eterna.