Ansiedade em cães e gatos: como identificar e resolver este problema?

0
336


Assim como nós, os pets também podem apresentar problemas psicológicos e emocionais e a melhor forma de lidar com essas alterações é entendendo os comportamentos do seu melhor amigo.

Os pets podem desenvolver ansiedade por ficar muito tempo longe dos donos, por falta de atividade física e/ou ambiente sem estímulos.

Os sinais da ansiedade variam entre cada pet, mas os mais comuns são agitação, destruição de objetos da casa, lambedura excessiva da pata e coceira excessiva, bem como alterações de apetite.

O tratamento, assim como os sinais, varia conforme cada animal. Para isso é importante identificar as causas da ansiedade.

Algumas mudanças na rotina podem ser necessárias, para evitar que a ansiedade evolua para algo mais grave, como passeios mais frequentes e enriquecimento ambiental, ou então, com orientação de um médico veterinário, pode-se aderir ao uso de medicamentos.

Caso o seu pet apresente algum destes sinais clínicos, procure o seu médico veterinário de confiança para que, juntos, possam dar ao seu melhor amigo uma vida mais feliz e confortável!

Victor Casola
Médico veterinário | CRMV/RS: 17472
Instagram: @veterinariovictorcasola | @clinicavictorcasola
WhatsApp: (54)999291212