Ajude a Polícia Civil a prender criminoso que está foragido

0
3833
Claudiomir é considerado foragido e está sendo procurado pela Polícia Civil. (Foto: Divulgação)


A Polícia Civil de Canela está em busca de informações que levem ao paradeiro de Claudiomir Francisco Rech da Silva, 36 anos, autor do assassinato a facadas de Luan Pires Pereira. O crime ocorreu na madrugada de 26 de agosto no interior de um bar localizado na RS-235, em Canela. A vítima foi atingida por vários golpes de faca desferidos por Claudiomir. A Polícia pede o auxílio da população para encontrar e prender Claudiomir.

Contra ele há um mandado de prisão preventiva solicitado pelo delegado Vladimir Medeiros e deferido pelo Poder Judiciário do município. Cludiomir está foragido. Informações sobre a sua localização podem ser repassadas à Delegacia de Polícia de Canela por meio dos telefones (54) 3282-1212 e (54) 98407-1615, sendo resguardado o sigilo.

As investigações apuram uma possível desavença entre matador e vítima como motivação do homicídio, mas nenhuma outra hipótese para a prática do crime está sendo descartada, até mesmo vingança. Uma das testemunhas do assassinato contou à Polícia que Luan disse que estava no bar para comemorar a sua liberdade. Ele tinha enfrentado júri popular recentemente por ter matado a tiros Ismael Port Gomes, o Nenezinho, no ano de 2016, às 22 horas na Vila Miná.

Pereira foi condenado a seis anos e meio de prisão pelo assassinato de Nenezinho, mas foi autorizado pela Justiça a cumprir a pena em regime semiaberto. Supostamente, a medida teria causado descontentamento entre os familiares de Nenezinho.

ANTECEDENTES CRIMINAIS
Luan tinha amplo histórico policial, no qual constam mais de dez queixas por ameça, receptação, lesão corporal, sequestro e cárcere privado, tráfico de drogas, dois homicídios, três posse ilegal de arma de fogo de uso restrito das forças de segurança, perturbação da tranquilidade, uma tentativa de homicídio e disparo de arma de fogo em via pública. Claudiomor também têm antecedentes criminais, entre eles um homicídio.

Luan Pereira foi morto com várias estocadas de faca na madrugada de domingo, 26 de agosto, no interior de um bar em Canela.