Agricultura realiza reunião sobre Serviço de Inspeção Municipal

0
767
O encontro teve como objetivo a apresentação de dados referentes a atuação do Serviço de Inspeção prestado em 2019.Foto: Carlos Borges.


A Secretaria da Agricultura realizou na quinta-feira, dia 5, uma reunião do Serviço de Inspeção Municipal (SIM), com a participação de proprietários dos estabelecimentos registrados no município e seus respectivos responsáveis técnicos. O evento contou com a presença do prefeito Fedoca Bertolucci e do secretário da Agricultura, Alexandre Meneguzzo.

O encontro teve como objetivo a apresentação de dados referentes a atuação do Serviço de Inspeção prestado em 2019. Durante todo ano, foram realizadas 288 vistorias nos estabelecimentos municipais registrados, 253 ofícios emitidos, 166 notificações geradas e 315 análises laboratoriais de produtos e água.

Inspeção

Através do monitoramento da produção e da realização de vistorias e análises em produtos de origem animal, o SIM busca diminuir os riscos à saúde pública e os índices de clandestinidade, certificando os produtos aptos ao consumo.

Gramado já possui nove estabelecimentos registrados no SIM, podendo realizar o comércio de seus produtos em todo território do Rio Grande do Sul: Distribuidora de Carnes Serra Grande, Embutidos Andreis, Lacticínios Ruppenthal, Embutidos Ávila, Apis Gramado, Linguiçaria Zacarias, Embutidos Polita, Embutidos Carahá, Vista do Vale Embutidos Coloniais e Ovos Dourados Gramado.

A possibilidade de comercialização em todo o Estado permite o aumento de vendas dos produtos dos estabelecimentos, consequentemente gerando mais renda e empregos. Além disso, representa o resultado do empenho das famílias em implantar boas práticas na fabricação de produtos de origem animal e manterem condições sanitárias e estruturas condizentes com a legislação em vigor, de modo a oferecer produtos de qualidade.

Alexandre Meneguzzo, secretário municipal da Agricultura, reforça que, além da inspeção nos estabelecimento registrados, o SIM promove ações de combate a clandestinidade (com o apoio da Vigilância Sanitária, Secretaria da Fazenda e Brigada Militar), também proporciona ações de educação sanitária nas escolas do município.