Aedes aegypti é tema de capacitação de agentes comunitários e de endemias

0
613
Foto: Sophia Dienstmann/Prefeitura de Gramado


Na quarta-feira, 28, ocorreu a capacitação para cerca de 30 agentes comunitários e de endemias, no combate ao mosquito Aedes aegypti, no auditório do Centro Municipal de Saúde. 

Segundo a coordenadora de Vigilância em Saúde, Marina Toniolo, em março deste ano, Gramado chegou a ser considerado infestado de focos e desde então, têm sido feito visitas e capacitações. Em agosto, o Estado mandou uma nota informativa padronizando como devem ser os documentos e a forma de comunicação para o Estado.

Gramado possui nove Unidades de Saúde, sendo quatro com Estratégia de Saúde da Família que contam com 28 Agentes Comunitários de Saúde, que acompanham 3.651 famílias.

Além disso, para o controle do mosquito Aedes aegypti, o Município conta com três agentes de endemias, três estagiárias de biologia e um supervisor de ações que atuam nas demais localidades, visitando os imóveis e orientando a população sobre a importância de manter os cuidados básicos de manutenção, higiene e limpeza do pátio e residência para evitar acúmulo de água em criadouros. 

No último Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), realizado no período de 5 a 16 de agosto, foram visitados 591 imóveis, e nenhum foco foi encontrado. 

CUIDADOS 

Entre as principais medidas de controle contra criadouros estão: tudo que tiver no domicílio que acumule água; caixa de água; ralos; piscinas de plástico; capas em piscinas; geladeiras com área de degelo; reservação de água da chuva; bebedouros de cães e gatos.