Administração Municipal prevê multa por uso incorreto de água em Nova Petrópolis

0
1209


Após decretar situação de emergência em função da estiagem no Rio Grande do Sul, no dia 24 de abril, a Administração Municipal emitiu novo Decreto que prevê multa para quem utiliza água da Corsan em Nova Petrópolis. Assinado pelo prefeito Regis Luiz Hahn, o decreto nº 90/2020 vigora desde o dia 30 de abril e prevê multa de R$ 1.115,00 para quem utilizar água da rede Municipal para limpeza em larga escala, como lavagem de telhados, veículos e calçadas; irrigação de plantas e jardins; abastecimento de piscinas e similares, ou mesmo para atividades de lazer.

De acordo com o Decreto, os fiscais Municipais serão os responsáveis por fiscalizar, autuar e multar quem infringir as regras descritas no documento oficial. Denúncias podem ser feitas pelo telefone da Fiscalização Municipal: (54) 3281 8422. Com o novo Decreto, a Administração Municipal objetiva evitar ao máximo o desperdício de água no Município, tendo em vista que o quadro de estiagem no Rio Grande do Sul. Segundo informações da Corsan, a água na barragem Santa Isabel, responsável por abastecer o Município, está sete metros abaixo do nível normal.

De acordo com o secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Nova Petrópolis, Lucas da Costa de Lima, é fundamental que a população utilize água de forma consciente. “Sugerimos que a população de modo geral, mas principalmente setores que utilizam água tratada em grandes volumes, façam o uso estritamente para consumo humano. Se isso não for seguido, corremos o risco de desabastecimento total nos próximos dias”, destacou.