Ações visam incentivar a arborização de Gramado

0
1310
Entre as ações de arborização da administração municipal, está o plantio de mudas realizado no Parque dos Pinheiros. Foto: Carlos Borges.


No dia 21 de setembro é comemorado o Dia da Árvore no Brasil, data escolhida pela proximidade com o início da Primavera, que é sinônimo de fertilidade e de renascimento. Repensar Gramado para o crescimento sustentável é um dos pilares da administração municipal e, ainda que durante todo o ano o tema preservação ambiental deva estar presente no dia a dia da população, nessa data a reflexão sobre o desmatamento e a conservação dos recursos naturais deve ser acentuada.

“Uma única árvore já é de extrema relevância para a vida: ela fornece sombra, na maioria das vezes frutos, serve de abrigo para fauna, purifica o ar, embeleza os ambientes naturais e também as cidades, dentre tantos outros benefícios”, afirma a Secretária do Meio Ambiente, Rosaura Heurich.

O acentuado desmatamento deixa a vida mais vulnerável, com dias cada vez mais quentes, baixa umidade do ar, redução da oferta de alimentos para os animais e pássaros, diminuição de outras espécies vegetais, sem contar a erosão que pode ser causada no solo e assoreamento dos rios que ficam com suas margens desprotegidas. “É dever de cada cidadão zelar pela proteção do Meio Ambiente e, sempre que possível, promover o reflorestamento, seja uma árvore no quintal, seja uma quantidade maior no sítio, seja cuidando daquelas plantadas na calçada em frente da sua casa, na praça do seu bairro”, destaca Rosaura.

Para incentivar a arborização da cidade, todas as sextas-feiras, das 13h15min às 16h30min, ocorre distribuição de mudas para a comunidade no setor de arborização da Secretaria, na Rua Serafim Benetti, 1200, Mato Queimado.

Ações em Gramado

A Secretaria do Meio Ambiente vem desenvolvendo diversas ações através do Setor de Arborização, voltadas para esse fim no município:

– Poda de rejuvenescimento e reconstituição das árvores, nas ruas: Avenida das Hortênsias, Garibaldi, São Pedro e na Borges de Medeiros. Essa prática é de extrema importância, pois há anos não era feita e muitos desses exemplares já estavam grandes demais, encostando nos fios de luz e telefonia. Além disso, é essencial para a saúde do vegetal;

– Projeto em conjunto com a RGE para Arborização + Segura, onde serão realizadas podas de rebaixamento, em várias ruas da cidade, para evitar que os galhos cheguem até os fios de alta-tensão. Substituição por exemplares que sejam mais adequados para áreas urbanas e sob rede elétrica, uma escolha que se baseia no porte que a árvore chega na sua fase adulta, o que futuramente vai diminuir a quantidade de podas e aumentar a segurança da população;

– Plantio de árvores nativas no Complexo Perinão, Creche do Altos da Viação Férrea, Parque dos Pinheiros e os plantios na arborização pública que ocorrem frequentemente;

– A partir do mês de outubro, quando as podas são interrompidas em função da época, o plantio será intensificado. O Setor de Arborização já tem programado para a próxima semana, com alunos da Colégio Cenista Visconde de Mauá, plantio na Praça das Castanheiras. Também dará subsídios para a Colégio Estadual Santos Dumont, que está revitalizando sua praça, reativando a horta e fará um plantio de árvores nativas neste local. Serão feitos ainda plantios nas principais ruas do Centro da cidade, num projeto em parceria com as escolas, integrando a educação ambiental não formal, onde as mudas são doadas e os alunos executam o plantio sob as orientações dos técnicos da Secretaria.