Ação no Bairro Jardim prende cinco suspeitos de tráfico de drogas

0
4042
Após os trâmites legais, os presos serão recolhidos ao sistema prisional. Foto: PC de Gramado.


No final da manhã de hoje (21), em duas ações desenvolvidas no Bairro Jardim, em Gramado, a Polícia Civil da cidade, com apoio do reforço da Operação Serra, logrou prender em flagrante cinco suspeitos de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, bem como apreender porções de maconha, cocaína e crack, além de balanças de precisão, dinheiro, smartphones, objetos sem procedência comprovada e petrechos para preparo e fracionamento de drogas.

A primeira ação ocorreu em cumprimento a mandado de busca e apreensão, expedido pela Justiça no âmbito de investigação de tráfico de drogas desenvolvida pela DP Gramado. No endereço alvo da medida foram presos em flagrante quatro suspeitos de atuação na mercancia de drogas. Um dos presos há poucos dias havia obtido prisão domiciliar. Ele já havia sido preso neste ano pelo mesmo crime, em operação da Polícia Civil.

Seu irmão, também preso no local, constava como foragido do Presídio de Canela também por tráfico. Os outros dois presos estariam morando no local e auxiliando na venda de drogas. No particular, chegaram varias denúncias da comunidade informando acerca do ponto de tráfico, bem como de que os suspeitos estavam intimando vizinhos, ameaçando-os caso denunciassem o ponto de venda de drogas. Ainda teriam quebrado lâmpadas de iluminação pública a tiros, a fim de deixar o local escuro, facilitando a venda de drogas.

No local foram apreendidas porções de maconha, cocaína e crack, além de balanças de precisão, dinheiro, smartphones e objetos de origem suspeita. Na sequência, enquanto cumpriam o mandado de busca acima, aportou denúncia anônima neste Órgão, indicando outro local, nas proximidades, onde também estaria ocorrendo a venda de drogas. Então, uma equipe deslocou ao endereço informado e abordou o suspeito. No imóvel, lograram apreender porções de maconha, um simulacro de pistola, dinheiro, smartphone e eletroeletrônicos sem procedência comprovada, além de petrechos para acondicionamento de drogas. Após os trâmites legais, os presos serão recolhidos ao sistema prisional.