A importância da frustração na constituição psíquica

0
487

Costuma ser quase unanimidade entre os pais, a convicção de que atender aos desejos de seus filhos é essencial. Porém, ao tentar não desapontar seu filho, você está privando-o de uma importante experiência que é a frustração.

Muitos pais entendem que evitar a decepção é uma forma de se redimir de uma culpa que muitos carregam, quando trabalham em demasia, por exemplo, e querem compensar sua ausência. As crianças também precisam entender que, ao longo da vida, é normal se decepcionar.

Se o seu filho estiver acostumado a ter todas as vontades concretizadas, é possível que chore ao ouvir um “não” que, na maioria das vezes, irá proporcionar mais benefícios do que perdas. Nesse momento, o indicado é dar carinho e não mudar de ideia, pois aprender a esperar é importante para o seu crescimento.

Um dos maiores atos de amor destinados a uma criança, é dizer não a ela. Ao permitir ao seu filho viver a frustração, você estará favorecendo o seu desenvolvimento como um adolescente mais compreensivo, mais solidário e empático.

Luciane Morini Cassenote
PsicólogaCRP: 07/24521
Contato: 54 991705390
Facebook.com/psicologalucianemc Instagram: @psicologalucianemc