Assistência Social faz busca ativa para atualização do BPC

0
1194
Equipe da Secretaria da Assistência Social realiza busca ativa. (Fotos: Clara Casagrande)


Para garantir o auxílio aos idosos acima de 65 anos e às pessoas com deficiência de qualquer idade, o Benefício de Prestação Continuada (BPC) concede o pagamento mensal de um salário mínimo, conforme a Política de Assistência Social do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS). Para ter direito, é necessário que a renda por pessoa do grupo familiar seja menor que 1/4 do salário-mínimo vigente.

O Cadastro Único, instrumento de identificação e caracterização socioeconômica das famílias brasileiras de baixa renda, é essencial para quem precisa do auxílio. O beneficio só será concedido ou mantido para inscrições que tenham sido realizadas ou atualizadas nos últimos dois anos. O prazo para atualização é até 31 de dezembro de 2018.

O ideal é que a atualização das informações do beneficiário sejam feitas o quanto antes. Vale enfatizar também que o benefício será cancelado passada a data estabelecida para todos aqueles que não se inscreveram ou não atualizaram os seus dados”, salienta Felipe Sommer Stallbaum, responsável pelo BPC na Secretária da Assistência Social de Gramado.

Para agilizar o processo e evitar o deslocamento das famílias até a Secretaria, a equipe responsável pelo setor em Gramado iniciou uma Busca Ativa para aquelas pessoas que precisam realizar a atualização do Cadastro Único. Quem ainda não recebeu a visita da equipe pode procurar um dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) para agilizar o processo ou se informar. O mesmo vale para aqueles que ainda não têm o benefício e querem solicitá-lo.Zuleica Schmitt, 56 anos, moradora do bairro Avenida Central, foi uma das beneficiárias que recebeu visitas da equipe em sua residência para a atualização dos dados. “Meu filho de 24 anos tem deficiência mental e eu cuido dele o dia inteiro. O recebimento desse benefício é essencial para auxiliar as despesas do dia a dia”, conta Zuleica.

Adriana Scariot Negri, 43, do bairro Dutra, também diz que o BPC é muito importante para a família. “As pessoas não têm a consciência das limitações que um deficiente pode encontrar. Com a minha filha me deparo com muitas dificuldades. Sem esse auxílio, não teria condições de prestar o atendimento adequado a ela”, destaca Adriana, mãe de uma menina de 11 anos que nasceu com má formação cerebral.

Adriana Scariot Negri recebeu a equipe e atualizou seu cadastro

Em Gramado, mais de 270 pessoas recebem o BPC

Durante a Busca Ativa, os assistentes aproveitam para alertar e tirar dúvidas sobre o Benefício de Prestação Continuada. “Muita gente não sabe, mas é recomendado que a renovação seja feita uma vez ao ano para evitar possíveis problemas no cadastramento e recebimento do benefício. Além disso, a família que recebe o salário mínimo pelo BPC também tem direito ao desconto na conta de luz, por exemplo”, destaca Felipe.

Em Gramado, atualmente, 278 pessoas recebem o BPC via Cadastro Único na Secretaria da Cidadania e Assistência Social. São 148 pessoas com deficiência física e 130 idosos.

Do número total de beneficiários, 187 já estão com o cadastro atualizado e 91 precisam realizar a atualização no sistema. Para isso, devem entrar em contato com a Secretaria da Assistência Social ou se deslocar até uma das sedes dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de Gramado.

ATUALIZAÇÃO DO CADASTRO ÚNICO – BPC EM GRAMADO

1) O QUE É O BPC?

O Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social- LOAS é a garantia de um salário mínimo mensal ao idoso acima de 65 anos ou à pessoa com deficiência de qualquer idade com impedimentos de natureza física, mental, intelectual ou sensorial de longo prazo (aquele que produza efeitos pelo prazo mínimo de dois anos, que o impossibilite de participar de forma plena e efetiva na sociedade, em igualdade de condições com as demais pessoas). Para ter direito, é necessário que a renda por pessoa do grupo familiar seja menor que 1/4 do salário-mínimo vigente. As pessoas com deficiência também precisam passar por avaliação médica e social realizadas por profissionais do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

2) QUEM DEVE REALIZAR A INSCRIÇÃO/ATUALIZAÇÃO

Beneficiários que ainda não atualizaram o seu cadastro ou não receberam a visita da equipe da Secretaria da Assistência Social. Pessoas que ainda não recebem o benefício, se enquadram nos critérios acima e querem solicitá-lo.

3) DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

CPF ou título de eleitor do responsável familiar. Carteira de identidade, CPF, título de eleitor, certidão de casamento, nascimento ou carteira de trabalho dos demais membros da família.

4) MAIS INFORMAÇÕES

CRAS I (Rua Getúlio Vargas, 484, Piratini) – (54) 3286.4349

CRAS II(Av. 1º de Maio, 1603,Várzea Grande)- (54) 3286.1148