8º Amamenta Gramado acontece de forma virtual e ocorre até o dia 7 de agosto

0
361
Uma retrospectiva com fotos das edições anteriores é parte da programação da 8º edição. Foto: Facebook/Amamenta Gramado.

Desde 1992, a Semana Mundial de Aleitamento Materno vem conscientizando as pessoas sobre a importância do leite materno para o desenvolvimento dos bebês. Neste ano, com o tema “Apoie o Aleitamento Materno por um Planeta Saudável”, o movimento pretende conscientizar as pessoas sobre o impacto da alimentação infantil no meio ambiente, nas mudanças climáticas e na necessidade urgente de proteger, promover e apoiar a amamentação para a saúde do planeta e da sua população.

Há oito anos, do dia 1º ao dia 7 de agosto, acontece o “Amamenta Gramado”, uma ação promovida pela Secretaria Municipal de Saúde em parceria com instituições do município. Nestas sete edições alusivas ao “Agosto Dourado”, centenas de mães já se reuniram em palestras e encontros para dividirem suas experiências sobre o ato de amamentar. Em 2020, com as restrições exigidas para prevenção contra o novo coronavírus, a oitava edição do “Amamenta Gramado” está ocorrendo de maneira virtual, pela página do movimento https://www.facebook.com/amamentagramado/.

Programação

Conforme a pediatra Márcia Figueiredo, idealizadora e coordenadora do “Amamenta Gramado” juntamente com a nutricionista Patrícia Reymann, o evento vem acontecendo desde o dia 1º de agosto, com postagens e textos informativos na página, pelo facebook. “No sábado e domingo postamos fotos das edições anteriores, como uma retrospectiva”, conta Márcia.

Na segunda-feira, 03 de agosto, o tema escolhido foi “Apoie a amamentação por um Planeta mais saudável”, afim de fazer uma relação dos benefícios da amamentação tanto para o ser humano, como para a sustentabilidade do Planeta, já que para amamentar não se utiliza embalagens. Na terça-feira (04), abordou-se sobre a pandemia e a gestação, e nesta quarta-feira (05) foi colocado na página um texto sobre a primeira hora de vida do bebê ou “Golden Hour – Hora de Ouro”. “A recomendação da OMS é que as rotinas como pesar e banho sejam adiadas até o bebê mamar, durante esta primeira hora. Esta indicação é válida tanto para parto normal, quanto cesárea”, explica a pediatra.

Na quinta-feira (06), será apresentado o tema “Amamentação na pandemia” e para encerrar a programação da oitava edição do Amamenta Gramado, na sexta-feira, dia 07 de agosto, o violonista Laerte Hugentobler fará uma apresentação artística que será transmitida de forma vistual.

Toda a programação, relatos, fotos e material informativo continuará disponível na página do “Amamenta Gramado”, no facebook.

Bebê mais Saúde e a pandemia

O “Bebê mais Saúde” é um programa criado em 2009 pela pediatra Márcia Figueiredo e a enfermeira Ellen Pedroso, e desde 2012 conta com a parceria permanente da nutricionista Patrícia Reymann. O projeto serve para acolher, orientar e dar apoio para as mães na primeira semana de amamentação.

De acordo com a pediatra, o trabalho desenvolvido continua acontecendo. “Tivemos um primeiro momento de interrupção em março, no início da pandemia, pois não sabíamos como a cidade seria atingida a partir do surgimento dos primeiros casos positivos. Houve a suspensão das atividades por duas ou três semanas, ocorrendo somente a aplicação das vacinas e teste do pezinho nos bebês”.

Após este período, o atendimento foi retomado e atualmente acontece no Posto de Saúde do bairro Floresta, todas as quartas-feiras, com os devidos cuidados de prevenção ao Covid-19. “Recebemos uma mãe por atendimento, para que permaneçam no mesmo espaço o menor número de pessoas, além das necessárias. Temos o cuidado de ficar só a mãe e o bebê onde a gente faz uma breve orientação. Infelizmente não podemos realizar aquela consulta com a família como eu gosto, pois é necessário manter todos os cuidados”, relata Márcia.

Mesmo com as restrições, as orientações em relação ao aleitamento materno continuam acontecendo e são de extrema importância para os bebês.

Desafios durante a amamentação

Pelo quinto ano consecutivo, a Associação Materna de Apoio e Empreendedorismo – AMAE está apoiando o “Amamenta Gramado”. Nesta oitava edição, a instituição que tem como objetivo emponderar as mães, está trazendo o relato de mães que enfrentaram e superaram desafios durante a amamentação, mostrando que nem sempre é fácil, mas é sempre gratificante poder amamentar.

“Esse é um movimento muito importante, pois desperta o mundo para um tema tão necessário que é o Aleitamento Materno. Quando compartilhamos informações fundamentadas, desconstruídos mitos que muitas vezes boicotam a amamentação. A AMAE se sente gratificada em poder contribuir pelo 5° ano com o Amamenta Gramado. Levar informação e apoio sempre foi uma de nossas bandeiras”, diz a integrante da Associação Ellis Chaves.