Prefeitura de Gramado divulga nota de repúdio referente ao assédio ocorrido no Lago Negro

0
1054


No início da tarde desta sexta-feira (01), a Brigada Militar, durante patrulhamento no Parque Lago Negro, em Gramado, foi acionada pelas professoras que estavam acompanhando crianças em um passeio escolar. As docentes relataram aos policiais, que as crianças contaram que um homem, caracterizado de pirata, estava passando a mão nelas enquanto batiam fotos com ele. O homem foi preso em flagrante.

Diante do fato, o Executivo Municipal, na manhã deste sábado (02), divulgou uma nota de repúdio. Confira na íntegra.

“A Prefeitura de Gramado manifesta seu repúdio a todo e qualquer ato de violência. O município está atento ao caso de assédio ocorrido no Lago Negro. É importante ressaltar que os artistas de rua que são licenciados para atuar passam por uma chancela de autorização do poder público onde precisam apresentar ficha criminal. O autuado não tinha autorização da atual administração pública para trabalhar como artista de rua e a fiscalização já havia interferido para que o homem se retirasse, inclusive o multando em duas ocasiões por desrespeito à legislação. Reiteramos o nosso repúdio contra qualquer tipo de violência”.