PL modifica lei das sacolas plásticas e proíbe inclusive biodegradáveis

0
94
Fim da distribuição gratuita de sacolas plásticas pelos supermercados, que passarão a ser cobradas, com objetivo de reduzir o excesso de plástico descartado no meio ambiente


Os vereadores Renan Sartori (MDB) e Professor Daniel (PT) protocolaram na Câmara de Vereadores de Gramado o Projeto de Lei do Legislativo (PLL) 023/2022 que altera dispositivos da Lei Municipal n.º 3.808/2020,  a qual trata sobre a proibição da distribuição gratuita de sacolas plásticas aos consumidores nos estabelecimentos comerciais e institui o Programa Municipal de Conscientização e Redução do Plástico.

Na prática, a proposta proíbe a utilização e distribuição gratuita de sacolas plásticas de qualquer tipo, inclusive as biodegradáveis.

Em substituição a estes materiais, os estabelecimentos deverão usar e estimular o uso de produtos como sacolas reutilizáveis e sacos e sacolas de papel. O projeto proposto também altera a data de início da lei para 8 de dezembro de 2022. A proposição foi lida na sessão ordinária do último dia 11 e, após o recesso parlamentar, passará para análise das Comissões Permanentes para posteriormente ir a votação em plenário.